14/06/2021 - 07:00

Por: Antonio Costa / Zakinews

Dom José Vieira de Lima: 90 anos, 73 dedicados ao sacerdócio


Dom José Vieira de Lima, 90 anos completados no dia 10 de junho


Antonio Costa, EXCLUSIVO ao Zakinews

A Família Católica de Cáceres-MT, do estado de Mato Grosso, da Diocese de São Luiz, vive uma enxurrada de bençãos com as comemorações que celebram os 90 anos de vida do Bispo Emérito, o poconeano Dom José Vieira de Lima - TOR, cujo tema de sua caminhada evangelizadora é “Servir e não ser servido”.

“Nasci olhando o pantanal de céu aberto e de imensa planície, sendo por assim dizer, envolvido pela magia de uma natureza tranquila e abençoada.

Com as andanças pelas matas e campos com meu pai, ele ia me ensinando a viver e conviver com o pantanal, com os pássaros, com as aves multicoloridas e admirar o majestoso tuiuiú com seu passo cadenciado e imponente, qual senhor soberano de tanta beleza.

A minha infância, como de toda criança daquela época, era muito simples, sendo que o mais importante era montar e andar a cavalo colecionando as corridas e os tombos. Por graça de Deus vivi num espaço muito particular que alimentou e iluminou minha infância.

Três referências marcantes dos meus primeiros anos marcaram minha vida: a família, a Igreja e a escola.

Há 30 metros, em frente da igreja matriz, era nossa casa. Ao lado direito da matriz o convento dos freis franciscanos da TOR - Terceira Ordem Regular de São Francisco e, anexo, a Escola São Francisco, animado e administrado pelos freis missionários de origem francesa.

Cresci embalado por esses três pontos geográficos fortes e determinantes na minha formação religiosa e intelectual. Numa ponta a família, na outra a escola e bem no centro a Igreja. Foi nesse cenário que cresci e alimentei os primeiros anos de minha existência”. (Do livro Vidas Doadas, 2013, lançado pela Diocese de São Luiz de Cáceres-MT, da Gráfica e Editora Centro Oeste).

Dom JOSÉ VIEIRA DE LIMA

Natural de Poconé-MT
Data de Nascimento: 10 de junho de 1931
Filho dos pantaneiros:
Antonia Vieira de Lima e Boaventura Soares de Lima
Cinco irmãos
Entrou no Seminário Franciscano: 20 de janeiro de 1948 (73 anos).
Ordenado Padre: 7 de dezembro de 1958 (63 anos)
Ordenado Bispo: 29 de junho de 1990. 31 anos

Ordenação:
Profissão religiosa: 14 de julho de 1951
Presbiteral: 7 de dezembro de 1958 (São Paulo-SP)
Nomeação: 18 de abril de 1990.
Episcopal: 29 de junho de 1990 (São Paulo-SP)
Renúncia: 23 de julho de 2008
Estudos
Ensino Fundamental: Escola Franciscana, Poconé-MT.
Ensino Médio: Colégio Franciscano, São Paulo-SP.
Filosofia: Seminário Central de Ipiranga-São Paulo-SP.
Teologia: Seminário Central de Ipiranga, São Paulo-SP.
Pós Graduação: Teologia, Faculdade Imaculada, São Paulo-SP.
Atividades Antes do Episcopado:
Vigário geral, provincial, pároco, Reitor do Seminário; Mestre dos Teólogos.
Atividades como Bispo:
“Acompanhante dos Presbíteros do Regional. Vice-Presidente e Presidente de Regional Norte 2. Secretário do Regional Oeste 2 e Acompanhante das CEBs. Bispo de Cáceres-MT (1998- 2008).
Lema: “Servir, não ser servido”

fonte: CNBB / Regional Oeste 2

 

Terço dos Homens – exemplo de fé e devoção!

Há dois anos (13-05-2019) surgia às segundas-feiras, sempre no horário das 18.30h na Capela do Perpétuo Socorro, o Terço dos Homens, com a finalidade de resgatar para a igreja de Cristo, homens de todas as idades. Os idealizadores o Bispo Emérito Dom José, e o então pároco da Catedral padre Antonio Rogério.

Nesses dois anos de atividades, o terço só viu aumentar o número de participantes, inclusive mulher. Hoje, conforme um dos coordenadores Amarildo Del Santos, 28 participantes se reúnem semanalmente, agora as 18.15h nesse período da pandemia, para exercitar a missão de rezar o terço.

Na segunda feira passada (07), o terço novamente contou com a participação do Bispo Dom José que mora ao lado da Capela Perpétuo Socorro, e, assiduamente comanda o terço. Na oportunidade também se fez presente o agora pároco da Catedral, Padre Jair Fante.

Grupo participantes do Terço dos Homens


Os participantes se organizaram e fizeram uma agradável surpresa ao aniversariante. Com salgados, sucos e refrigerantes, Dom José teve a agradável surpresa de entoar antecipadamente os tradicionais parabéns, e, ainda, assoprar as velas do bolo do seu bem e intensamente vividos 90 anos. 

O Terço dos Homens atrai a presença masculina na igreja, pois é imprescindível para a formação da família e da sociedade cristã. Tornando exemplo de fé e devoção.

Padre Luiz José Weber: “90 anos de calma, simplicidade, espiritualidade e alegria”

Zakinews foi ouvir religiosos que conviveram com o homenageado ao longo de sua trajetória de homem de fé e religiosidade cristã. Entre aqueles que atenderam à reportagem está o Padre Luiz José Weber, da Diocese de Santo Ângelo-RS, ele que no momento está em missão do Projeto da Regional Sul 03, em Moçambique na África, há um ano e meio.

Padre Luiz José Weber


O religioso trabalhou na região Norte durante 25 anos. Ele conheceu Dom José quando com ele em Marabá-PA no período de 1994/2000 esteve em missão das Dioceses Irmãs.

“Eu gostava muito de participar das missas celebradas pelo amigo Dom José. Sua alegria, humildade, simplicidade contagiam a todos. Transmite muita calma, paz, espiritualidade. Seus gestos, mística, demonstram como ele gosta de estar com o povo. Assim o povo se sentia amado e valorizado’’, ele é um grande pastor, completa Padre Luiz.

O religioso recorda que Dom José esteve algumas vezes em Parauapebas-PA incentivando-o e apoiando numa época difícil em que ele, padre Luiz estava sendo ameaçado.

“Tenho Dom José como verdadeiro irmão. Ele esteve na casa dos meus pais no RS, e os meus velhos tem por ele muita admiração e carinho...”

“Deus todo poderoso sempre te acompanhe e lhe dê muita alegria, que você seja essa alegria de presença e manifestação de Deus em seu trabalho e na sua missão”, finaliza padre Weber.

O carinho pelas comunidades

O aniversariante foi lembrado também pelas integrantes do grupo As Filhas do Amor Divino, da Diocese de Marabá-PA, através da maranhense Irmã Ana Maria Moreira da Silva, que começou sua missão religiosa ainda na Paróquia Nossa Senhora das Graças, hoje São Sebastião, época em que Dom José era o bispo.

Irmã Ana Maria


Convidada que foi para dar seu testemunho, graças a sugestão do economista da Vale, Salvador da Costa Arruda, Ministro da Sagrada Comunhão e da Palavra na Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, Serra dos Carajás, PA, ela é enfática ao afirmar que Dom José será sempre lembrado na região pelo carinho e a atenção dispensada as comunidades.

“Convivi com ele no período de 1990/1998, foi quando com o impulso da Mineradora Vale começaram surgir várias comunidades – Parao

Parauapebas, Curionópolis, Canaã dos Carajás, Eldorado – migrantes vindos de várias partes do nosso país. A missão da diocese era então muito desafiadora”, conforme recorda a Irmã Ana Maria.

Dessa época ela revela o assassinato da Irmã Adelaide em 1986, que pertencia a congregação Filhas do Amor Divino, uma mártire que derramou seu sangue em prol da causa maior de um povo.

Dom José sempre estava ao lado das comunidades com fé, carisma, trabalho e devoção, apresentando “belo testemunho de missão, e, que hoje, as sementes plantadas naquela época, puderam germinar e apresentar ótimos frutos”.

Irmã Ana Maria, aproveita para agradecer ao Bispo Emérito da Diocese de São Luiz de Cáceres, por ter entrado em sua vida e das demais religiosas que com ele conviveram durante a formação e, assim, fazer parte da história vocacional de cada uma. Ela deixa um abraço de louvor e gratidão à Deus pela presença fecunda do bispo na vida das comunidades contribuindo para o surgimento de várias vocações.

Dom José foi o sexto bispo da Diocese de Marabá. Seu trabalho foi marcado por desafios e muitas alegrias.

“Dom José planta pessoas para a eternidade”, diz o Pároco Jair Fante

O recém empossado pároco da Catedral São Luiz, Padre Jair Fante, também se expressou neste momento festivo de celebração da vida sacerdotal do Bispo Emérito Dom José Vieira de Lima. Ele começou sua homenagem citando um provérbio chinês para enaltecer a trajetória de vida do grande líder religioso do pantanal mato-grossense.

Padre Jair Fante (à esquerda), junto com Dom José e Dom Jaci


“Se a tua visão é para um ano, plante trigo; se é para uma década, plante árvore; mas se a tua visão for para a eternidade, plante pessoas”,
assinala um provérbio chinês.

Dom José é deste tipo de personagem – continua -  conectado com a eternidade e cuja história assume tais proporções. O conheço desde minha tenra juventude e nunca o vi se atendo a coisas materiais, mas sim, ‘plantando pessoas’ para a eternidade.

Destarte, administra o tempo com sabedoria e vai respondendo a cada época com a mesma sabedoria e intensidade, pois sabe que mais importante que ser grande é ser adaptável.

Líderes desta envergadura nunca serão sepultados e sim plantados em solo regado historicamente com o próprio suor. Parabéns Dom José pelas 90 primaveras fecundadas pela graça de Deus, referência primeira em sua fértil trajetória rumo à eternidade”. 

Dom José e Dom Jaci


Dom Jacy:

“Celebramos com grande alegria e gratidão a Deus os 90 anos do nosso querido Dom José Vieira. Uma vida de doação, entrega e presença marcada pela fidelidade e perseverança. A proximidade de Dom José nos transmite segurança e serenidade!

Deus o abençoe com muita saúde e alegria”               

Dom José: “o chamado de Deus é a maior graça que nos é dada pelo Senhor da Vida”

Não se conhece maravilha maior do que o milagre da vida.

Viver, simplesmente viver, já é bom demais, viver na vida uma vocação, então é uma benção, uma grande graça.

Acolher de coração aberto o mistério da vocação é uma felicidade imensa. Porque o milagre do chamado de Deus é a maior graça que nos é dada pelo Senhor da vida e de todas as Graças.

“Altíssimo, onipotente e bom Senhor, teus são o louvor, a glória, a honra e todo o bem dizer: a ti somente, são devidas! ”.

Dom José e Dom Jaci em celebração pelos 90 anos de aniversário do homenageado


Minha profunda e especial gratidão aos meus queridos pais que com sabedoria e fé me ensinaram a caminhar com Jesus Cristo e me colocaram sob a proteção e amparo de Nossa Senhora do Rosário.

Às minhas três irmãs e ao meu irmão com quem aprendi a viver em comunidade e a saborear o carinho, o perdão, a partilha, o serviço e o amor em família, meus agradecimentos.

Aos franciscanos da TOR, os que que acolheram em Poconé e acreditaram na minha vocação: Frei Bernadino, Fr. Carlos e Fr. Francisco, que me ensinaram a seguir as pegadas de São Francisco meus agradecimentos. Desejo fazer presentes todos os frades que em São Paulo, em Roma e na França cuidaram com esmero minha formação humana, religiosa, espiritual e intelectual. Todos eles sabiamente me conduziram na vivência franciscana de simplicidade, de disponibilidade e de doação aos pobres e aos desamparados.

Nessa família religiosa fui agraciado com muitos irmãos. Alguns santos e excelentes mestres que me levaram a ser atento e aplicado no seguimento de Francisco de Assis. Desejo louvar e bendizer o Senhor pela dádiva de tantos e preciosos irmãos.

Dom José Vieira de Lima, 90 anos


Guardo em meu coração com carinho e enorme emoção as pessoas dos lugares por onde trabalhei: São Paulo, Mogi Mirim, Guajará-Mirim, Santa Catarina, Marabá e Cáceres, lugares abençoados e de graças onde aprendi muito e recordo sempre de tantas amizades, atenções, carinho e amor. Muito obrigado querido irmão sacerdotes, religiosos, religiosas, seminaristas pela compreensão, e prestimosa colaboração em todos os momentos de minha vida. Eu os admiro e carinhosamente os guardo no coração.

Tudo é graça “Dele todos nós recebemos graça por graça” (Jo 1,16).

Agora desejo fazer uma referência de agradecimento a Dom Vilar, meu querido irmão, a quem o Senhor da Messe escolheu e chamou para continuar o pastoreio desta centenária Diocese de Cáceres.

Tenha certeza, meu irmão, que a expectativa de sua vinda foi rezada, desejada e esperada com muito carinho.

Sou-lhe grato pela sua deferência, atenção fraterna, partilha afetuosa convivência e amizade.

Mas uma vez posso constatar que Deus é graça. Tudo o que Ele faz é graça e cada gesto seu é ainda e somente graça. Desejo-lhe, do fundo do coração toda benção, paz, alegria e felicidade.

A todos minha gratidão e reconhecimento.

Dom José Vieira de Lima, TOR
Bispo Emérito.

 
No Jubileu dos 40 anos da Diocese de Marabá, Dom José foi lembrado pelos trabalhos prestados
Paróquia Nossa Senhora de Nazaré

Paróquia São Sebastião. Igreja da Diocese de Marabá-PA




Comentários: ( 20 ) cadastrados.
Por: Fernanda Martins
Cáceres
Eu e meu marido costumamos buscar Dom José p nos sentirmos mais próximos de Deus,e sempre saimos desses encontros abençoados e reconfortados.
Dom José irradia luz,sabedoria e paz.
Desejamos-lhe Saúde e Felicidade,sempre!
28/06/2021 21:54:20

Por: Regina Célia Lino
São Paulo
Nascida no Bairro do Mirante em Mogi-Mirim, S. P.fui honrada pela primeira Eucaristia através dele, então, Frei José Vieira de Lima, "feito padre para dar Deus aos homens e os homens à Deus", frase marcante quando da sua ordenação. Nossa família nas pessoas dos meus falecidos pais Mario Lino e Olga Cardoso Lino, sempre o consideraram nosso guardião. Obrigada Dom José por fazer parte tão importante nas nossas vidas, na nossa formação. Parabéns pela sua jornada! Deus o abençoe!
21/06/2021 19:13:46

Por: Hna. Maria José de Jesus
Potosí- Bolívia.
Dom José, o senhor é para mim o testemunho vivente de um verdadeiro discípulo de Jesus. Recordo sempre de suas palavras na Celebração dos 25 anos de minha Profissão Solene: para a oração e a amizade não existe murros, nem distância e nem fronteiras... Juntos ao AMIGO estamos sempre juntos e Unidos. Meu abraço, Dom José. O tenho presente em meu silêncio orante.
18/06/2021 21:40:24

Por: José Alves Fortes Filho
Caldas Novas - GO
Conheci Com José em Mogi Mirim na família Mazon.
Senti a presença de Deus enquanto estive ao seu lado.
17/06/2021 17:10:35

Por: Diva Maria da Silva Campos Prado
Cuiaba_MT
Deixo aqui a minha grande admiração pela pessoa do Dom José Viera de Lima que com a grandeza do seu coração e da sua humildade nos dá exemplo de homem de grande sabedoria divina e iluminado pela graça de Deus na sua vida sendo exemplo de fé. Parabéns e muitas felicidades. Obrigada por existir e fazer parte da nossa história de Poconé. Sentimos orgulhosos pela sua existência, nosso muuitooooo obrigada. Te amamos . Deus abençoe sempre com muitas bênçãos e graças 🙏😘❤️
Um grande abraço e me abençoe 🙏
👏👏👏👏Vivas 👏👏👏 vivas
17/06/2021 01:19:00

Por: Anônima
Cuiabá
MEU AMADO IRMÃO. NENHUM DOM, TEVE TANTA IMPORTANCIA EM NOSSAS VIDAS, COMO A SUA PRESENÇA. QUE DEUS PROLONGUE A SUA VIDA A NÓS TÃO CARA E NECESSÁRIA. PARABÉNS
16/06/2021 21:45:51

Por: Luciana Ribeiro Martins
Mogi Mirim - SP
Meu querido amigo, foi quem me proporcionou a primeira Eucaristia na Paróquia Nossa Senhora de Monte Serrat em Mogi Mirim. Fui sua coroinha por longos 5 ou 6 anos, daí ele foi sagrado bispo em São Paulo e estivemos em excursão com 2 ônibus. Depois disso na Paróquia São Benedito, ele fez minha crisma, pouco antes de ir pra Marabá. Durante longos anos ele sempre se lembrava de nós e enviava cartão de Natal, mas como não morava mais com meus pais não os recebia. Porém em 2019 recebi li e tive acesso ao seu endereço; tomei a liberdade de lhe escrever uma carta e pra minha surpresa numa tarde recebi sua ligação. Fiquei muito feliz pois sempre tive saudade de suas palavras e ensinamentos. Meus pais ficaram muito felizes e minha filha pôde ouvir nós nos lembrarmos das missas, da brincadeiras e das palavras d nosso querido Frei José, sim sabemos que ele é bispo mas pra nós continua sendo o Dom Frei José. Peço a Deus que o abençoe e ilumine mais e mais. Forte abraço de todos nós.
16/06/2021 19:56:37

Por: Maria Stefani Rocha
Cáceres
Dom José , um grande e forte religioso . Religioso muito amada pela sua simplicidade e convívio como todos os nossos irmãos de fé. Paciência para nos ouvir e supremacia para nos orientar em nossas aflições ao longo de nossa caminhada, um grande confessor e amigo. Obrigado meu Deus por nos ter permitido a oportunidade de termos Dom José como nosso Bispo Diocesano e hoje por temos o nosso Bispo Emérito ,que por opção continua com a sua residência em Cáceres sempre nos dando a graça de sua presença. Nós da Paróquia N. Senhora Aparecida ainda fomos agraciado com a sua estadia por um tempo em nossa Paróquia até que fosse reformada a sua atual residência. Temos imenso carinho por ele. Que Deus continue abençoando lhes com saúde, alegria , paz e muito amor.
16/06/2021 18:18:23

Por: os freis holandeses de caceres
Boomstraat 7 4635 CX Huibergen Broederhuis Ste Marie.
Nossos parabéns; orações; gratidão, carinho e um grande e forte abraço,
Frei Gumàru
16/06/2021 05:46:04

Por: Deisy
Cáceres
Homenagem muito especial, desejamos chuva de bençãos na vida de dom José, um exemplo de compromisso com a comunidade e uma verdadeira demonstração de amor pela sua missão. São muitas vidas transformadas com sua palavra, com sua ajuda e seu coração, acredito que essa seja a maior tarefa de todos nós aqui na terra. Parabéns ao Zakinews por homenagear tantas pessoas maravilhosas!
14/06/2021 18:28:46

Por: Neuza Zattar
Cáceres
A reportagem traz informações preciosas sobre a vida do Bispo, desde o início de sua formação religiosa até a atualidade. Humilde pela formação franciscana é de um coração intenso, é também um intelectual q nunca mediu esforços para ajudar o próximo.
14/06/2021 17:38:54

Por: valeria ribeiro
caceres
gostei da homenagem, muito querido esse padre.
14/06/2021 15:10:11

Por: Fatima
Caceres
Dom Jose ja fez muita diferença na minha vida com seus palavras, fiquei muitissimo feliz com essa homenagem que fizeram, ele merece. Meus Parabens pelo aniversario, saude e paz!
14/06/2021 13:45:28

Por: Sandra S. Castro
Cáceres
O caminho do senhor é a nossa salvação.os pais tem o dever de ensinar os ensinamentos de cristo dentro de casa..
14/06/2021 12:34:12

Por: gilson
caceres
parabens toninho por trazer a historia deste grande ser humano
14/06/2021 12:10:30

Por: Mirlene da Conceição
Caceres
Linda HOMENAGEM!!! Deus se faz presente por meio dessas autoridades religiosas... Vida longa ao dom José, que ele viva muitos e muitos anos ainda fazendo esse mundo mais humano.
14/06/2021 11:24:59

Por: Domingos Sávio Lacerda Cintra
Cuiabá
Bela homenagem a esse grande Poconeano, Dom José era amigo de infância de todos os meus tios e tias e frequentava a casa dos meus avós em Poconé quando criança, segundo a minha saudosa mãe ele desde criança já demostrava a sua inclinação para o sacerdócio, é muito querido e estimado pela minha família e também por onde passou pois deixou seu legado de amor e fé a Jesus, que Deus lhe conceda muita saúde e que possamos conviver com sua sabedoria e sua devoção a Deus por muitos anos, Parabéns pelo seu aniversário e que Deus lhe abençoe.
14/06/2021 10:32:39

Por: Rosemary
Cáceres
Todo respeito e carinho por este ser humano tão doce e to bem. Muitas bençãos na sua vida, padre.
14/06/2021 09:45:56

Por: 99923-0356
Cáceres. Mt
Ao grande amigo Dom José eu agradeço por vs.Sa. ser escolhido por Deus para ser um pastor que quase à um século levou a palavra do Evangelho aos 4 cantos dp mundo. Ê hoje veio agraciar os seus momentos de grande amor e alegria junto ao humilde povo Cacerense. Obrigado de Coração. Nós te amamos...
14/06/2021 08:07:25

Por: Leide Fante de Freitas Faria
Selecione
Parabéns Dom José. Que Deus continue abençoando sua vida. A Deus, nossa gratidão, por sua imensa misericórdia em nos conceder esse exemplo de amor e dedicação ao próximo na pessoa de Dom José. Obrigada, Senhor.
Feliz aniversário Dom José!
Paz e bençãos 🙏🙌
14/06/2021 07:11:57

Faça o comentário para a noticia: Dom José Vieira de Lima: 90 anos, 73 dedicados ao sacerdócio

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.