29/03/2021 - 07:00

Por: Antonio Costa / Zakinews

Tino Gomes, o radialista que reaprendeu a viver, após acidente que lhe deixou cego


 
Ismael Ferreira Gomes, o TINO GOMES, hoje comanda um programa na Rádio Difusora de Cáceres nas manhãs de domingos

Antonio Costa, EXCLUSIVO ao Zakinews

A semana começa com a história de superação e luta de um homem que, a 14 anos atrás, sofreu um acidente de caminhão que lhe custou a perda total da visão. E, então, ele teve que decidir: ou continuar habitando no fundo do poço – o que certamente a esta altura – não estaria vivo para contar a própria história, ou como a fênix da mitologia grega, surgiria das cinzas para viver a nova vida que lhe apresentava completamente às escuras.

ISMAEL FERREIRA GOMES
"Tino Gomes"

 Nasceu em: Porto Esperidião-MT,
Data de nascimento: 29 de outubro de 1957
Filho de: Vicente Gomes (paranaense) e de Carmelita Ferreira Gomes (portense)
Filhos: Diego, Magno e Deivid.
Estudou até o equivalente ao 2º. Ano do Magistério.

 

Antes do acidente, Tino presidiu o CTG Sinuelo do Norte, de Vilhena-RO em três oportunidades


O pai, Vicente Gomes, foi funcionário do antigo DNER, trabalhou na execução da importante obra que ligou Cáceres a Vila Bela da Santíssima Trindade, a primeira capital de MT.

Ismael Ferreira, atualmente no segundo casamento, vive com a sua companheira, Lourença Rodrigues Gomes, natural de Coxim-MS, a Laura Gomes, conforme era chamada desde pequenininha. Assim, a mesma também passou a ser chamada partir do momento que passou acompanhar Tino nos estúdios das emissoras. Os dois se conheceram em Cáceres, já estão juntos há 12 anos. Ela tem quatro filhos do primeiro casamento e ele três.

O homenageado nesta oportunidade, que todos o conhecem por Tino Gomes, passou a maior parte da infância entre Porto Esperidião e Cáceres. Estudou no Instituto Santa Maria, e, segundo revela, foi colega de turma do diretor do Zakinews, Wilson Kishi.

Jogou bola no campo de futebol do DNER, o Manoel Bernardo de Assunção. Foi seminarista do Seminário Cristo Rei em Várzea Grande durante dois anos. Mesmo não tendo a vocação necessária para seguir à vida religiosa, ele é católico praticante.

Antes de completar dezoito anos, foi servir à Marinha em Ladário-MS. Deu baixa e mudou-se para Rondônia ainda bastante jovem.

Assim começa a história do hoje radialista Tino Gomes, sucesso de audiência na manhã de domingo nas ondas da Nova Difusora FM, líder absoluto no horário das 8 às 12 hs com o programa Eco dos Pampas, que conforme o próprio nome diz, ecoa a musicalidade do gênero gaúcho: vanera, xote, valsa.

Ainda em Vilhena-RO, condecorado por comandar o maior costelão da região   -   Foto: Arquivo pessoal


Em RO onde tudo aconteceu...

Após cumprir a sua obrigação com o serviço militar, ele muda-se para o vizinho estado de Rondônia na tentativa de obter trabalho. Começou a aprender montar móveis e a fazer móveis em madeira maciça. A seguir prestou concurso para a Receita Federal e começou a trabalhar de fiscal na barreira entre os dois estados: MT e RO. Trabalhava 36 horas e folgava 72. Na folga, segundo revela, continuava na fábrica de móveis, e ganhava mais que no emprego federal. Não teve paciência em permanecer, deixou o serviço federal.

Logo passou a gerir seu próprio negócio. Abriu uma firma de eletrificação rural no interior de Rondônia, mas precisamente na pequena Chupinguaia. Tinha muitas obras de eletrificação, ganhou bom dinheiro com o trabalho que se expandia.

Tino casou-se com uma gaúcha que havia conhecido em Vilhena-RO. O casal teve dois filhos. Foi nessa promissora cidade de Rondônia, que ele ajudou a criar o CTG Sinuelo do Norte, o primeiro da região. A colônia sulista na cidade é muito grande, aos finais de semana seus integrantes se reuniam para memoráveis confraternizações no recém inaugurado CTG.

Tino Gomes foi o presidente da agremiação por três mandatos. Com a convivência ao lado da esposa gaúcha, ele se via cada vez mais entrosado com o chimarrão e a bombacha.

Foi em Vacaria-RS onde passou uma temporada aprendendo o costume e a tradição das danças gaúchas. Se tornou professor de Dança de Salão da Cultura Riograndense. O CTG Sinuelo do Norte ia de vento em popa.

Se em Rondônia ele alcançou a glória, ali também ele viveu o outro lado da fama.

Acidente que lhe deixou cego

Tudo transcorria com ótimos frutos econômicos com o trabalho que era executado pela equipe da firma sob o seu comando. Até que no ano de 2006 um terrível acidente com o caminhão de sua propriedade, lhe fez perder totalmente a visão.

No acidente o caminhão tombou e Tino bateu fortemente a cabeça várias vezes. Com isso, teve comprovado o deslocamento da retina. Tentou pelo menos com dez cirurgias a recuperar a preciosa visão. Esteve em Cuiabá, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, consultando especialistas no assunto, porém, sem sucesso. Estava diante de um drama totalmente obscuro para ele: a perda total da visão dos dois olhos.

Passou a merecer toda atenção e cuidado das irmãs que se dedicavam e insistiam para ele se redescobrir na vida. Não estava fácil adquirir esse sopro de valentia. Logo se viu diante do abandono e de uma terrível solidão que teimava estar ao seu lado. Veio a depressão.

Foram longos e intermináveis dias. Fugia da sua legião de amigos, não queria ser visto naquela situação deplorável como se encontrava. Com isso, com o passar dos dias, se afundava ainda mais naquele fundo de poço, e, chegou a pensar que a morte seria o melhor caminho.

A união dos irmãos e primas pela sua recuperação

Cego e sem caminho a tomar,  ele passa a contar com a atenção de seus irmãos: João Gomes, Elza e Ilzanete e a força de duas primas, Rosane Paschoiotto e Marilce Nunes. Eles se uniram em torno de incentivar e estimular a sua recuperação na tentativa de fazê-lo descobrir que, ainda diante da tragédia sofrida, ainda tinha caminhos à seguir. Muita luta delas pela sua recuperação.

Foi então que uma das irmãs descobriu e passou a buscar apoio na Associação dos Cegos de MT, era o caminho decisivo para que viesse a sua recuperação. Após muita insistência, Tino Gomes se mostra disposto a recorrer à associação em Cuiabá.

Foi acolhido pela diretoria e passou a ter sessões de terapia com profissionais especializados. Ia aos poucos dando sentido à vida. Passou a ter aulas de informática e o seu tempo vago começou a ser preenchido com ocupações que se tornaram verdadeira terapia ocupacional.

Logo obteve a formação de instrutor e técnico de informática para cegos. Inclusive na associação, passou a liderar uma equipe de 45 pacientes que estavam na mesma situação sua.

O caminho de um novo recomeço estava definitivamente implantado na vida do revigorado Tino Gomes.

Tino sempre ocupava seu tempo nos eventos à frente do CTG   -   Arquivo pessoal


Apoio da Associação de Cegos de MT

Cada vez mais disposto a dar a volta por cima, ele ainda na associação passou a participar do curso de massagens. Aprendeu a massagem integrada que trabalha o corpo inteiro do paciente, a relaxante, terapêutica, reflexologia, cuic.

Se tornou um massoterapeuta. Inclusive, esta é uma das suas atividades que lhe garantem ganhar uma parcela a mais que contribui para a sua manutenção cotidiana. Já fez “bicos” em clínicas da cidade atendendo pacientes. Executa a atividade atendendo à domicílio. Basta o interessado ligar para os números 9-9933-4300, 3222-3038, que ele, na companhia do seu verdadeiro anjo da guarda, a companheira Laura Gomes, comparece na residência e executa o trabalho terapêutico por meio de massagens.

Salame artesanal suíno que ele fabrica com a companheira Laura Gomes - Foto: Antonio Costa


Tino ainda ocupa o tempo na fábrica artesanal de salame colonial que ele fabrica em sua residência no residencial aeroporto novo. Salame suíno defumado, delícia que aprendeu quando morava em Guarapuava-PR.

De tanto ouvir rádio na solidão da cegueira, se tornou locutor de programa gaúcho

Em continuidade aos avanços conquistados após perder totalmente a visão, o personagem desta história decidiu enveredar e fazer sucesso como locutor de programa gaúcho nas emissoras de rádio de Cáceres.

Ele revela que passava o tempo todo ouvindo o áudio da tv com as narrações esportivas do Galvão Bueno. Ficava no seu imaginário vendo os lances das partidas de futebol. E, quando não estava deixando passar o tempo com as partidas assistidas em seu imaginário, ele estava na companhia do aparelhinho de rádio ao ouvir músicas sertanejas, especialmente as gaúchas.

Tino Gomes passou uma das fases mais importantes da vida, justamente na convivência de gente do Sul. Inicialmente foi os anos que viveu ao lado da mulher do primeiro casamento, uma gaúcha tradicional, que acostumava pilchar com a indumentária gaúcha principalmente nas festas do CTG Sinuelo do Norte, que ele, Tino, ajudou criar em Vilhena-RO.

Ouvia o linguajar e a variante linguística do mesma dia e noite. Assim ia pegando toda a maneira de como o gaúcho se expressa, e, ficou com esse costume arraigado, mesmo sendo um mato-grossense.

Foi então que decidiu fazer rádio. Inicialmente estagiou no ano de 2010 na Rádio Jornal de Cáceres, onde deu os primeiros passos como locutor de programa gaúcho. Enquanto isso, na Rádio Difusora quem fazia um programa com músicas gaúchos era o professor de dança, Luiz Tolloti, verdadeiramente gaúcho de nascimento.

Tolloti resolve deixar o rádio. Eis que o recém surgido locutor Tino Gomes recebe convite para dar continuidade com o programa de músicas gaúchas na emissora pioneira de Cáceres. Topou o desafio. Pegou gosto pelo microfone e lá se vão onze anos de trabalho sempre animando às manhãs de domingo na referida emissora comandada pela empresária Maridalva Amaral Vignardi, a quem agradece pela oportunidade.

O casal está junto há 14 anos


Laura Gomes: “a menina dos meus olhos”

Tino Gomes e Laura Gomes, uma convivência de 12 anos juntos. Com a deficiência visual surgida, o homenageado desta oportunidade passou pelo menos durante aproximadamente três anos perambulando pela casa das irmãs. Ficava trinta dias na casa de uma ou de outra, como se vivesse de favor.

Não faltava incentivo da galera mais chegada para que ele descobrisse uma cara metade. Morando na Cohab Nova ficava sentado na porta de casa ouvindo o barulho dos carros, das motos e as conversas das pessoas que passavam pelo trajeto.

Ficou sabendo de uma determinada pessoa que costumava caminhar todos os dias e passava pelo local onde justamente ele costumava estar. Ele revela ter feito uma simpatia do chinelo. Deu certo, tanto que no outro dia apareceu aquela que caminhava, para lhe devolver o chinelo. Era tudo que faltava para que ambos se conhecessem e passassem a morar juntos.

Laura o ajuda nos programas das manhãs de domingo

Laura é a dona de casa, motorista, locutora, a faz tudo “até o dia que Deus quiser”.

Cabe a ela ser a responsável pela técnica do programa de rádio nas manhãs de domingo. Participa da locução em grande parte da programação. Tino a chama de “a menina dos meus olhos”. E, assim, dá o recado musical gaúcho que caiu no gosto dos ouvintes cacerenses. Música animada, mensagens, piadas, tendo a participação dos ouvintes que ligam e concorrem a suculenta costela assada do Assadão do Professor Elias, um de seus fiéis patrocinadores.

Tino se vira nos trinta para dar conta do recado. Algumas adaptações no seu computador, software que responde com voz sobre o toque para buscar determinada música. Fone de ouvido adaptado com duas entradas em cada um deles, engenhoca criada pelo próprio autor em cena, garantem às manhãs de domingo como as mais animadas de Cáceres.

Cego, vencedor, honrado cidadão cacerense. Simples, amigo, amado, portador de uma incrível garra e vontade de vencer. Torna-o exemplo de fé e amor à vida, numa vida que tinha tudo para ser o contrário. Resiliente, ele venceu!

Tem na sua companheira de todos os instantes, Laura Gomes, a menina dos seus olhos!

Comentários: ( 13 ) cadastrados.
Por: Amigo Souza
Cáceres MT
Muito sucesso ao Tino Gomes e a Laura Gomes, que com maestria anima as manhãs dos domingos com esse belo trabalho, que vêem conquistando mais ouvintes a cada edição, e não obstante a isso, ouvintes participantes. Muito bom conhecer um pouco mais da história dessas grandes feras da comunicação. Um forte abraço.
25/04/2021 20:42:07

Por: Jose osvaldo dos santos
CÁCERES MT
Querido Tino gomis e laura gomis eu sou suspeito em dizer mais vc e em exemplo a ser seguido em superaçao nunca o vi triste sempre alegre e trabalhando. Talento e inteligencia que poucas pessoas em perfeito estado fisico a tem eu.quero que deus lhe proteja com saude que.o mais.vc tira de.letra amo vc.meu.amigo e parceiro .abraço a vc e a laura
18/04/2021 10:47:31

Por: Jose osvaldo dos santos
CÁCERES MT
Querido Tino gomis e laura gomis eu sou suspeito em dizer mais vc e em exemplo a ser seguido em superaçao nunca o vi triste sempre alegre e trabalhando. Talento e inteligencia que poucas pessoas em perfeito estado fisico a tem eu.quero que deus lhe proteja com saude que.o mais.vc tira de.letra amo vc.meu.amigo e parceiro .abraço a vc e a laura
18/04/2021 10:40:24

Por: Odenilton Júnior Santos
Cuiabá
Para além da amizade, sinto muita satisfação em fazer parte dessa sua caminhada de reconstrução. Você é um grande guerreiro meu amigo, e ao lado da Laura vocês merecem todas essas conquistas. Parabéns também ao autor dessa excelente matéria.👨‍🦯✌
01/04/2021 18:13:27

Por: MANOEL PEDRO
Cáceres
TENHO UM BOM TEMPO QUE CONHEÇO MEU IRMÃO TINO GOMES, GUERREIRO, HONESTO, TRABALHADOR, PAI DE FAMÍLIA ....ETC...., GRANDE PERSONALIDADE NUNCA USOU A SUA DEFICIÊNCIA PARA LEVAR VANTAGEM, PELO CONTRARIO SEMPRE DISPOSTO A AJUDAR, A SUA MENINA DOS OLHOS SEMPRE ATENTA AO SEU QUERIDO ESPOSO, PARABÉNS TINO GOMES E LAURA GOMES, DEUS CONTINUE ABENÇOANDO RICAMENTE A VIDA DE VOCÊS, TINO VOCÊ PERDEU A VISÃO HUMANA, MAIS A ESPERITUAL E ETERNA, OBRIGADO PELO SEU TESTEMUNHO DE VIDA, SUPERAÇÃO, SOU GRATO PELA SUA AMIZADE, DEUS ABENÇOE.
30/03/2021 10:05:45

Por: Edilson José viana costa
Cáceres
Linda história de superação e vontade de viver. Uma dignidade tão grande que ele(Tino) não usa de sua deficiência pra alavancar ainda mais a audiência do seu programa de rádio!
29/03/2021 14:25:10

Por: Luizmar Faquini
Cáceres MT
Não obstante a bela história e exemplo de superação deste companheiro, pode apostar, não fosse vocês, com este incrível projeto de resgate e registros biográficos de figuras populares e de reconhecido valor social e humano, ele passaria invisível para a história desta nossa terra e gente.
Mas, graças ao Zakinews (Toninho e Kishi), ele vai virar capítulo de livro.
Isso, não tem preço!
29/03/2021 13:43:16

Por: Halassi Nunes dos Santos
Glória D'Oeste
Parabéns pelo belíssimo e importante trabalho de difusão da comunicação. Sou um grande admirador dos radialistas Tino e Laura Gomes.
29/03/2021 12:00:13

Por: Jacira Ferreira da Silva
Cáceres
Parabéns, Tino Gomes, pela força de vontade e fé na vida....Sou testemunha de todas as suas lutas e tenho o maior orgulho de você meu primo, continue firme a vida é bela mesmo que sob outro olhar. Obrigada Laura por ser " a menina dos olhos" que Deus os abençoe.
29/03/2021 11:03:06

Por: silas ferreira da silva
Cáceres-MT.
Parabéns TINO, exemplo de vida, por sua determinação, superação e sabedoria, pois quando tudo estava escuro ao seu derredor, você conseguiu superar seus limites e conseguiu ver as estrelas, um forte abraço primo sucesso em seu programa e na sua família, pois desde pequeno, já percebíamos que você era um ser humano diferenciado, não posso deixar de citar você (Laura), mulher guerreira, companheira, amiga, ou seja, um anjo da guarda que surgiu na vida de Tino.

29/03/2021 09:51:43

Por: Rosa Maria da Cunha Garcia
Cáceres
Parabéns Tino. Exemplo de vida para muitos que tem bons olhos, mas precisa apenas de estímulo para começar de novo.
Grande batalhador e amor pela vida.🙏👏👏👏
29/03/2021 08:19:57

Por: Francisco Do Prado S. Junior
Cáceres
Tenho o privilégio de conhecer o Tino e a Laura, fico impressionado com sua independência em casa, homem inteligente e sábio e generoso , quanto a Laura, Deus lhe recompensara, quando tiveres , qualquer um de nós, alguma dificuldade, lembremos do Tino, e assim, enxergaremos a luz.
29/03/2021 08:07:41

Por: Gilce da Silva Costa
Várzea Grande
Acordar segunda-feira cedo com essa reportagem foi um presente Divino. Parabéns Tino Gomes, a você e a sua Menina dos olhos. Maridalva Amaral empresária de coração, mostra o seu lado melhor de ser humano confiando dando oportunidades, Amigo Kishi, que extraordinária matéria. Parabéns!!! Gilce Costa
29/03/2021 06:17:57

Faça o comentário para a noticia: Tino Gomes, o radialista que reaprendeu a viver, após acidente que lhe deixou cego

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.