Zaki News

02/01/2016 - 18:53

Por: Benedito Rufiono

Adeus Canellas


José Benedito Canellas  construiu uma trajetória meteórica na política no Estado de Mato Grosso; Paulista de São Manoel no Estado de São Paulo. Canellas – seu nome de guerra; Canellas Veio para o Município de Rio Branco a convite de chefes da Ditadura Militar na década de 1970´; Canellas tinha uma função: distribuir lotes de terra para posseiros (atual Sem Terra) na Região de Rio Branco, Salto do Céu e Reserva do Cabaçal através do INCRA;  Canellas passou a ser visto como o redentor – amigo dos pobres – viúvas de comunistas e de outros  posseiros assassinados em Naviraí no (Mato Grosso do Sul) devido a contenda pela terra com fazendeiros na região;

José Benedito Canellas! Jovem de beleza escultural de oratória razoável encantou eleitores por onde pedia votos; Em todas as campanhas políticas seu caminho já havia sido pavimentado pelos Prefeitos e Vereadores do PDS (Partido Democrático Social) ligado à Ditadura Militar; Canellas não se preocupava com despesa pois tudo era financiado pelo Sistema. Soube se aproveitar do momento histórico e se elegeu a Vereador de Cáceres; Elegeu-se, consecutivamente, a Deputado Estadual; Elegeu-se a Deputado Federal e a Senador da República pela Região da Grande Cáceres.

José Benedito Canellas tinha enorme influência com o Governador Júlio José de Campos e com os Presidentes  Ernesto Geisel e João Batista Figueiredo;  Essa influência muito forte ajudou na construção do progresso de Mato Grosso através da pavimentação asfáltica da estrada 364 de Cuiabá à Rondônia;

José Benedito Canelas foi contemporâneo do Ex Senador José Marcio de Lacerda, Carlos Gomes Bezerra, Miguel Ninomia, Aldo Ribeiro Borges, Louremberg Nunes Rocha, Walter Fernandes Fidelis, Jalves de Laet, Gastão Muller, Gilson de Barros e Dante de Oliveira dentre outros

Canellas cumpriu bem o seu papel de político a serviço do Estado de Mato grosso e do Brasil.

Benedito Rufino da Silva

Escritor e Poeta.

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Adeus Canellas

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.