Zaki News

02/01/2016 - 18:51

Por: Wellington Fagundes

MT um Estado em pleno desenvolvimento


Nas últimas décadas, Mato Grosso tem se consolidado como uma das principais economias do Brasil. O Estado liderou o crescimento econômico dentre as unidades federativas do país no período de 2010 e 2013, com variação de 21,9% no Produto Interno Bruto (PIB), indicador que soma os montantes dos gastos governamentais, do consumo das famílias, dos investimentos realizados pela iniciativa privada e do saldo da balança comercial no período.

A pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no final de 2015, aponta que o PIB de Mato Grosso cresceu 21,9% no período analisado, o levantamento confirma a participação do Estado no PIB nacional de 1,7%.

Nosso Estado, que sempre se destacou na produção agropecuária, se firma nacionalmente como potência econômica. A variação da economia registrada em Mato Grosso foi superior ao triplo da variação acumulada do país e deixou pra trás Estados como o Distrito Federal, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Ou seja, conforme o levantamento, Mato Grosso conseguiu superar, em crescimento, economias que são responsáveis por mais de 56,8% de participação na produção de riquezas de todo o país.

Isso confirma o que sempre tenho dito da tribuna do Senado, ao reivindicar mais por parte do Governo Federal em favor de Mato Grosso: trata-se, efetivamente, de uma potência econômica do país. É um Estado em que tudo o que é investido aqui tem retorno em curto - curtíssimo - prazo.

Dessa forma, as projeções para os próximos anos não poderiam ser mais animadoras. De acordo com estudo realizado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) e Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), a produção de carne suína no Estado pode crescer 193% nos próximos dez anos, passando de 200 mil toneladas/ano para 500 mil toneladas até 2025. A produção de milho deve crescer 113,2% até 2025. E passar de 17,7 milhões de toneladas na safra 2013/2014, para 38 milhões de toneladas na safra 2024/2025. 

Esses números mostram que, mesmo com dificuldade de logística para escoar a produção agropecuária, Mato Grosso produz e cresce  cada dia mais. 

Mesmo com números tão animadores, nossa meta para os próximos anos deve ser desconcentrar nossa economia, buscar alternativas ao agronegócio. Digo isso pois temos uma riqueza mineral pouco explorada e o setor do turismo precisa de investimentos para expandir. Mas isso vou abordar com mais profundidade em um próximo artigo.

E é nessa expectativa de crescimento que quero me despedir deste ano e desejar a todos que 2016 seja de prosperidade e muita saúde. Prosperidade para todos deve incluir melhor divisão da riqueza produzida e mais qualidade nos investimentos públicos, principalmente os da saúde.

Wellington Fagundes

Senador da República

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: MT um Estado em pleno desenvolvimento

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.