22/10/2015 - 08:13

Por: Assessoria

Interrupção de 7h no fornecimento de energia causa morte de 10 mil frangos em propriedade de MT


Foto: Rádio Pioneira

   Um avicultor da Gleba Goianos, em Tangará da Serra, teve um grande prejuízo com a produção, após a interrupção de 7h, aproximadamente, no fornecimento de energia ter causado a morte de 10 mil frangos. O caso aconteceu na última terça-feira. O produtor cria aproximadamente 95 mil aves.

   As informações dão conta de que a queda na energia elétrica tem ocorrido com frequência naquela região. Na segunda-feira desta semana, os moradores ficaram sem o serviço das 9h até às 21h. No entanto não houve problemas com a criação, uma vez que o dia permaneceu fresco devido à chuva que caiu.

   O produtor disse que entrou em contato com a empresa de energia, mas nada foi resolvido. A companhia apenas pedia para que eles aguardassem o reestabelecimento do serviço. A empresa não deu resposta aos moradores que ficaram no prejuízo e disse que tem uma viatura para dar suporte, o que não é o suficiente.

   Os frangos desta propriedade seriam entregues na próxima semana. Agora o morador deverá entrar com uma ação para ser ressarcido e não ficar no prejuízo. Mas nem sempre o pedido é aceito, como aconteceu com outro avicultor da região. Há três anos houve uma interrupção na energia e cerca de 1,2 mil frangos morreram.

   Ele chegou a acionar a antiga Centrais Elétricas Mato-grossenses (Cemat). Uma equipe esteve na propriedade, mas alegou que naquele dia não teve queda da energia e não ressarciu o prejuízo.

   Esse mesmo produtor disse que desta vez não teve prejuízo porque já fez a entrega dos frangos para o abate, mas demonstrou preocupação para daqui a 20 dias, quando irá alojar novamente.


Por Nortão Notícias

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Interrupção de 7h no fornecimento de energia causa morte de 10 mil frangos em propriedade de MT

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.