03/06/2015 - 12:38

Por: Nortão Notícias

Zeca Viana chama governador de 'traidor' por declarar saída do PDT


Foto: Lidiane Barros

   Após declarar que deixará o PDT, o governador Pedro Taques foi classificado como traidor pelo presidente da sigla no Estado de Mato Grosso, deputado estadual Zeca Viana. Para ele, o chefe do executivo foi desrespeitoso com os correligionários ao sair seis meses após assumir o mandato.

   A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em determinar que os candidatos eleitos para os cargos de presidente, senador, governador e prefeito não perdem o cargo ao mudarem de partido, foi muito comemorado por Taques.

   O gestor disse que está escolhendo qual partido se filiará e contou que já recebeu ligação do ex-presidenciável e senador da república, Aécio Neves, para integrar o quadro político dos Tucanos (PSDB). Os governadores do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e do Pernambuco, Paulo Câmara, também oficializaram o convite para migrar ao PSB.

   Viana declarou que a vitória eleitoral para o senado e Governo do Estado teve total influência dos companheiros pedetistas. Segundo ele, em 2010 Taques não tinha expressividade para concorrer uma eleição de alto nível como é o Senado Federal. Portanto não entende a insatisfação para com a legenda.

   O parlamentar queria uma postura de Taques como a do prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta, que manifestou a intenção de permanecer no PDT até o fim da carreira política. Por isso foi considerado por Viana como pedestista autêntico e fiel aos ideais de Leonel Brizola.


Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Zeca Viana chama governador de 'traidor' por declarar saída do PDT

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.