25/11/2014 - 09:30

Por: Assessoria Sebrae MT

Ecocert certifica 12 agricultores orgânicos da baixada cuiabana, na quarta-feira (26)


   Participantes do Projeto Sebrae MT Território da Cidadania na Baixada Cuiabana receberão certificado de produção orgânica, na quarta-feira (26), no auditório do Centro Sebrae de Sustentabilidade

Assessoria de imprensa Sebrae MT / Vanessa Brito

   CUIABÁ, 24.11.2014 –O mercado mato-grossense ganha 12 fornecedores de produtos orgânicos certificados pela Ecocert Brasil, na quarta-feira (26). Os agricultores certificados são de Rosário Oeste, Várzea Grande, Poconé e Cuiabá  e produzem folhas, legumes e frutas Eles participam do Projeto Sebrae MT Território da Cidadania na Baixada Cuiabana e fizeram adequações no plantio e procedimentos em geral , exigidas pela Ecocert, certificadora fundada na França há 20 anos e muito respeitada  no mercado internacional e nacional. A certificadora atua no Brasil, desde 2001. A área das propriedades rurais certificadas em MT é de, em média, 5 ha.

   A certificação será entregue aos 12 agricultores orgânicos mato-grossenses , durante  o  I Encontro de Produtores Orgânicos da Baixada Cuiabana, a ser realizado no auditório do Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS). Na parte da manhã, eles receberão o selo, que será exibido nos produtos, e assistirão a apresentação do agricultor orgânico paranaense Luiz Arruda, participante do Projeto Itapu Binacional. Ele produz café, cana, uva, amora silvestre, maçã, etc em área de 4 ha. Haverá, também, uma visita técnica ao CSS.  

   À tarde, a programação ocorrerá na Horta Terra Estrela em Cuiabá, que já comercializa sua produção para a rede de supermercados Big Lar. Egon Nord, proprietário do empreendimento, mostrará os plantios e falará sobre as vantagens da agricultura orgânica.

   Cerca de 90 agricultores familiares de Chapada dos Guimarães, Paranaíta e Nossa Senhora do Livramento, integrantes de caravanas organizadas pelo Sebrae MT, vão participar da programação da entrega do certificado Ecocert Brasil de produção orgânica.

Exigências

   Os 12 produtores da baixada cuiabana receberam capacitações e consultorias ministradas pelo Sebrae MT, desde o início do ano, para se adequarem às exigências da Ecocert Brasil. Tudo o que ocorre nas plantações deve ser anotado para que o auditor da certificadora verifique, quando visita as propriedades.  Um Plano de Manejo Orgânico (PMO) deve ser elaborado e aplicado nas propriedades e suas plantações. Depois da certificação, inspeções sem aviso prévio  da certificadora continuam, durante as quais mostras de solo, folhas, etc, são coletadas e submetidas a análises laboratoriais.

   A condição do solo é essencial para iniciar o cultivo de produtos orgânicos. Se tiver recebido defensivos químicos antes, é necessário suspender a utilização do solo por, no mínimo, um ano)  até estar sem vestígios de agrotóxicos para iniciar o plantio.

   Todos os utensílios, ferramentas e ingredientes usados na plantação -  adubos, regador, pulverizador, balde, botas, etc – devem  seguir as exigências da certificadora e serem exclusivos dos plantios orgânicos. Uma barreira deve ser plantada nos limites da propriedade para impedir a contaminação da produção, seja por pragas, resíduos químicos das áreas vizinhas, entre outros.  Se o agricultor deixar de cumprir as exigências pode ter o selo Ecocert Brasil cancelado.

Mercado

   A agricultura orgânica está em alta, pois fornece alimentos de qualidade e mais saudáveis aos consumidores.  Os produtores orgânicos recebem entre 20 a 40% a mais em relação à agricultura convencional. Lei federal determina que se pague 30% a mais para fornecedores orgânicos da Merenda Escolar em todo o país.

   No ano passado, o Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) apontou crescimento do número de organismos avaliadores de conformidade de 22%, em relação a 2012. Este dado reflete o aumento da produção orgânica no país. O número saltou de 5,5 mil para 6,7 mil agricultores e mais de 10 mil unidades de produção orgânica no Brasil, no ano passado.  Na região Centro-Oeste  aumentou de 247 para 269 produtores, no mesmo período. Cento e sete são de MT.

   No Brasil este segmento cresce a taxas entre 30% e 40% ao ano e deve movimentar R$ 2 bilhões, este ano, de acordo com dados da Federação Internacional de Movimentos de Agricultura Orgânica (IFOAM - sigla em inglês). Segundo estimativa do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), mais de 50 mil produtores agrícolas não praticam agricultura orgânica no país.

Serviço:

I Encontro de Produtores Orgânicos da Baixada Cuiabana

Data: 26.11.2014

Locais: Auditório do Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS) e Horta Terra Estrela

Horário: 8h às 12h (CSS); e das 12h30 às 16h30 (Horta Terra Estrela)

Objetivo: Entrega de certificado da Ecocert Brasil a 12 produtores orgânicos da baixada cuiabana

 

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Ecocert certifica 12 agricultores orgânicos da baixada cuiabana, na quarta-feira (26)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.