12/11/2014 - 11:08

Por: TRE MT

Servidores da Justiça Eleitoral de Mato Grosso avaliam Eleições 2014


   A Justiça Eleitoral realiza, nesta terça-feira (11/11), uma avaliação das Eleições Gerais 2014, com o objetivo de apontar os pontos positivos e discutir melhorias para os futuros pleitos eleitorais. O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), desembargador Juvenal Pereira da Silva, abriu o encontro, ao lado da corregedora regional eleitoral, desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas, e do juiz coordenador da propaganda eleitoral, Alberto Pampado Neto, no auditório da Casa da Democracia.

   Tanto o presidente quanto a corregedora avaliaram o resultado das eleições como “um sucesso” e parabenizaram os servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral pelo desempenho. Segundo o desembargador Juvenal Pereira da Silva, o sucesso alcançado é fruto do trabalho, dedicação e esforço de cada servidor, requisitados e terceirizados. “Foi uma eleição transparente, limpa e tranquila, graças ao planejamento construído a várias mãos com antecedência. As metas foram constituídas um ano antes do pleito e foram executadas durante as eleições”. O presidente ressaltou ainda que este planejamento permitiu uma apuração em tempo recorde no Estado e pontuou que o momento agora é de fazer um feedback, colher sugestões e aprimorar as próximas eleições.

   O trabalho constante e ininterrupto da Justiça Eleitoral, que conclui a organização de um pleito e já começa o projeto do próximo, foi destacado pela desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas. “Ficamos bastante satisfeitos com o resultado no sentido da logística e da forma como transcorreu na mais absoluta calma e de forma organizada. Temos que destacar o que deu certo, mas sempre é possível aperfeiçoar, discutir aquilo em que podemos avançar”. A corregedora lembra que as Eleições 2016 não são de competência originária do Tribunal Regional Eleitoral, e sim dos juízes eleitorais, mas afirmou que o TRE tem que estar à frente de todo o processo, sendo importante apontar melhorias sempre.

   Após a abertura, começaram as reuniões para  avaliação das Eleições com participação de servidores de todo Estado. Foram disponibilizados formulários eletrônicos para que os cartórios eleitorais pudessem avaliar os principais temas como logística, transporte, segurança, mesários, treinamento e comunicação interna e externa. As 60 Zonas Eleitorais foram divididas em regiões e foram sorteadas duas ZE’s de cada uma delas para participarem do encontro de avaliação, com a presença de 12 Juízes Eleitorais e 12 servidores. As reuniões continuam na parte da tarde e seguem até as 18h.

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Servidores da Justiça Eleitoral de Mato Grosso avaliam Eleições 2014

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.