30/10/2014 - 13:20

Por: TRE MT

Materiais de campanha eleitoral são entregues para reciclagem


   Valentina Dominga Lopes trabalhou a vida inteira com reciclagem, trabalho que a ajudou, juntamente com o marido, a criar os dois filhos e sustentar a família. A senhora de 50 anos trabalha há três meses na Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Várzea Grande (ASCAVAG), que recebeu do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), nesta quarta-feira (29.10), um caminhão com aproximadamente 12 toneladas de materiais de propaganda eleitoral que foi recolhido durante o primeiro turno das eleições.

   A ASCAVAG  possui parceria com os setores públicos e privados e conta com cerca de 30 associados, famílias inteiras que vivem da reciclagem. Um de seus papéis é tirar as pessoas da vida degradante e dar uma condição mais digna. Valentina, por exemplo, trabalhou durante 10 anos no lixão de Várzea Grande. Depois que se transferiu para a associação, sua vida melhorou muito. “Antes ficava no meio do lixo e era responsável por separar o que era reciclável do que não era. Hoje está bem melhor. Aqui recebemos só o que dá para reciclar, já vem tudo separado é só processar e vender”.

   O servidor do TRE, Nilson Fernando Gomes Bezerra, explica que a ação do tribunal gera vários pontos positivos. Além do menor impacto para o meio ambiente e do aumento de renda para quem vive da reciclagem, a entrega do material um dia antes do primeiro turno, no dia 04 de novembro, ajudou a evitar as ocorrências de irregularidades eleitorais. “Estes materiais que foram entregues pelos partidos ao TRE na véspera das eleições iria inteiro para o lixo. Agora vai para a reciclagem, o que é ambientalmente correto. Além disso, a coleta deste tipo de material é o sustento de várias famílias”.

   Entre os materiais recolhidos estão santinhos, cartazes, bandeiras, banners e garrafas d’água que foram usadas durante a campanha. Outro caminhão será entregue nesta quinta-feira no mesmo local, com 9 toneladas de material de propaganda eleitoral, também recolhidos no 1º turno. 

   DECRETO FEDERAL – O governo federal conta com o programa Coleta Seletiva Solidária, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, em conjunto com o Ministério das Cidades, que descreve os catadores de materiais recicláveis como importantes agentes de transformação ambiental.

   O Decreto Federal nº 5.940/2006 regula a separação dos resíduos recicláveis descartados pelos órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta. A norma exige todo o material recolhido seja destinado às associações e cooperativas dos catadores de materiais recicláveis.

Comentários: ( 1 ) cadastrados.
Por: Maria Eliza
Mirassol
Os partidos desperdiçam milhões de dinheiro com excesso de materiais, devia haver um planejamento melhor. a natureza agradece!
30/10/2014 18:42:24

Faça o comentário para a noticia: Materiais de campanha eleitoral são entregues para reciclagem

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.