21/10/2014 - 16:32

Por: Cleide Dantas/Detran-MT

Sete flagrantes foram registrados na operação lei seca em Cuiabá


  A Operação Lei Seca registrou sete flagrantes por embriaguez e apreendeu 21 condutores por alcoolemia, 10 veículos e 22 Carteiras Nacional e Habilitação (CNHs). Foram registradas 38 infrações de trânsito e 149 testes de etilômetro (bafômetro). A Operação foi realizada na madrugada da última sexta-feira (17) na Avenida Brasil, no bairro Morada do Ouro, em Cuiabá.

   O coordenador da Operação Lei Seca e Tenente da Polícia Militar Dos Santos, enfatizou que a Operação vem dando resultado positivo a cada dia. “A Avenida Brasil é um dos principais acessos ao grande CPA, o fluxo de veículos é intenso, várias pessoas foram abordadas e os veículos fiscalizados o que deu grande visibilidade à Operação. A interação das equipes também foi muito boa”, diz.

   O secretário executivo do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), Tenente Coronel BM Átila Wanderley da Silva diz que as ações são fortalecidas pelo caráter integrado que ela possui. “As ações não são simplesmente focadas nas operações, mas envolve uma nova postura dos órgãos que tem a sua atividade fundamentada no trânsito”, diz. Para o GGI a Operação Lei Seca tem um aspecto de orientação e prevenção no sentido de despertar a população para que compreenda que dirigir sob o efeito do álcool na maioria das vezes pode ser fatal não só para o condutor. 

   De acordo com dados apresentados pelo GGI, no interior do estado a resposta também é positiva. Em operação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Polícia Civil (PJC) e a Polícia Militar (PM) em Pontes e Lacerda, nos dias 18 e 19, ocorreram oito prisões por embriaguez, 15 apreensões por alcoolemia, sete CNHs e 11 CRLV foram recolhidos. A Operação registrou 253 testes de etilômetro e fiscalizou 205 veículos, 125 motos e 405 pessoas.

   O objetivo da Operação Lei Seca é reduzir o número de acidentes no trânsito causados por embriaguez ao volante. Tem caráter permanente e as blitzes serão mais frequentes. A ação é conjunta e envolve o Gabinete de Gestão Integrada (GGI), da Secretaria de Segurança Pública com a Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPMTran), a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), o Corpo de Bombeiros Militar (CBM), a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos (SMTU) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). 

 

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Sete flagrantes foram registrados na operação lei seca em Cuiabá

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.