Zaki News

19/08/2014 - 12:46

Por: Hemilia Maia

Pós-graduação da Unemat é parceira em estudo na Amazônia Legal


   A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) potencializa as relações internacionais na pós-graduação com a chegada de mais um estudante pesquisador. O indiano Maanav Kamath, do curso de pós-graduação em Ecologia de Mamíferos, da Oregon State University - USA, está em Cáceres para realizar um estudo na Estação Ecológica de Taiamã. A Unemat e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) são parceiras em âmbito nacional, escolhidas em função de estudos na Amazônia Legal, pelo projeto intitulado “Land-use change, biodiversity, ande the community ecology of Amazoniam vector-borne diseases” ou, simplificadamente, Ecologia de Doenças.

   O trabalho de Kamath consiste em estudar a alimentação das onças e descobrir se o gado bovino faz parte da refeição destes felinos e em qual proporção. Através de análises fecais e das imagens obtidas com mais de 30 câmeras que espalhou na Estação o estudante afirma, que em análises prévias, encontrou até agora apenas vestígios do consumo de jacarés, capivaras e peixes.

   De acordo com a professora Áurea Ignácio, coordenadora do projeto junto a Unemat, o estudo Ecologia de Doenças é financiado pelos British Council do Reino Unido e dos Estados Unidos na ordem de 1 milhão de reais com duração de 24 meses a contar deste mês. “Além da parceria nacional ainda há as fortes parceiras internacionais: University of East Anglia - UK e Oregan State University - USA”, citou Áurea que ainda lembrou que “A vinda de Kamath já é um dos desdobramentos da rede de pesquisa, fortalecendo a internacionalização da pós-graduação da Unemat”.

   Este mês foi realizada na UFMT, campus de Sinop, a 1ª Oficina Internacional do estudo. Participaram do evento o coordenador geral do projeto, professor em Conservação Ecológica da University of Esast Anglia, do Reino Unido, Carlos Peres; professores do doutorado da Rede Bionorte e do mestrado em Ciências Ambientais da Unemat, professores Manoel Santos Filho e Áurea Ignácio; da UFMT, professores Gustavo Canale e Roberta Bronzoni; da Oregan University, professor Taal Levi; e, estudantes de doutorado e pós-doutorado vinculados ao projeto.    

   O projeto Land-use change, biodiversity, ande the community ecology of Amazoniam vector-borne diseases – Visa elucidar a Ecologia de algumas doenças tropicais em áreas de remanescentes florestais entre outras questões. Através do estudo será analisada a contaminação ou não de mamíferos e o adoecimento de humanos em áreas com desmatamento, fragmentação de floresta, invasão de área urbana em áreas de floresta, a apreensão de caças de mamíferos de pequeno e grande porte entre outros. Ainda serão verificadas alterações na cadeia alimentar como a eliminação de grandes mamíferos (predadores) e o aumento de mamíferos menores como cutias, tatus e gambás que são hospedeiros de protozoários que causam doenças como leishmaniose, malária, doença de Chagas e as várias doenças transmitidas por carrapato.

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Pós-graduação da Unemat é parceira em estudo na Amazônia Legal

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.