28/07/2014 - 21:43

Por: Assessoria/Lúdio Cabral

Em Rondonópolis, Lúdio defende "capitais regionais"


Foto: Assessoria

   Durante ato político realizado nesse domingo (27) em Rondonópolis, o candidato a governador Lúdio Cabral (PT) anunciou que pretende incluir no Programa de Governo da coligação “Amor a Nossa Gente” proposta para garantir que o Estado tenha "capitais regionais" nas cidades pólos de Mato Grosso.

   A proposta contempla o projeto de descentralização da administração pública estadual, aproximando serviços essenciais oferecidos pelo Executivo Estadual e a população mato-grossense.  

   A proposta tem sido defendida por Lúdio desde a "Caravana da Cidadania", que percorreu a partir de janeiro 123 municípios. "Eu tenho certeza que o governo que vamos fazer será de participação com as pessoas. Um governo de escuta com os municípios, vereadores, movimentos sociais e cada um dos segmentos que vivem e atuam no nosso Estado. Uma gestão descentralizada, com capitais regionais sediando o governo, com capacidade de fomentar a demanda de muitas áreas da administração pública", defendeu. 

   Conforme Lúdio, exemplos de serviços que precisam passar por tal processo é a Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e o Instituto de Terras (Intermat). Segundo Lúdio, a necessidade de descentralizar estes atendimentos da Capital se deve aos entraves de projetos envolvendo a regularização fundiária, ambiental e rural, que precisam dos órgãos de gestão próximos dos municípios.

   Outros serviços de diferentes áreas, assim como a saúde, também serão priorizados com o objetivo de descentralização. Em Rondonópolis, por exemplo, o candidato acredita que o Hospital Regional, com a atenção necessária do próximo governador, tem toda capacidade de se tornar um hospital universitário a exemplo do que é o Júlio Muller em Cuiabá. "Vamos mobilizar recursos, equipamentos e estrutura física, esforço de mobilização ao lado dos servidores públicos e do Governo Federal para fazer daqui referência na média e na alta complexidade", anunciou o candidato, durante ato que reuniu cerca de 300 pessoas. 

   "Mato Grosso precisa de um governador que não fique encastelado no Palácio Paiaguás e percorra permanentemente esse Estado para encontrar o tempo todo as pessoas para ouvir, identificar problemas e mobilizar a máquina pública. Só assim podemos dar velocidade necessária na máquina pública para dar conta dos desafios que as vezes são colocados para nós. É esse o sentido do governo novo que queremos implantar aqui. Um governo que valorize as pessoas, que irá governar para todos, mas com atenção especiais para quem precisa mais", finalizou Lúdio. 

   Lúdio participou ainda de uma visita à feira do bairro Vila Operária. Ele estava acompanhado da candidata a vice-governadora Teté Bezerra (PMDB) e Wellington Fagundes (PR), além da esposa Ana Regina Ribeiro e candidatos proporcionais da coligação “Amor a Nossa Gente”, formada por PT, PMDB, PR, PC do B e Pros.

   Ao discursar para os presentes, Teté ressaltou a participação das mulheres e da região na coligação. “Sempre tivemos uma representação muito forte dessa região na política regional. Tínhamos 3 deputados federais. Agora, das 5 candidaturas ao governo somente a nossa tem uma mulher, sendo uma mulher aqui de Rondonópolis”, completou a candidata.

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Em Rondonópolis, Lúdio defende "capitais regionais"

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.