12/02/2014 - 10:06

Por: Assessoria CMC

Café no Bule recebe apoio de Marcinho Lacerda para cobrar melhorias na Saúde


Wilson Kishi
 

   Principal oposição do modelo de gestão do prefeito Francis Maris Cruz (PMDB) o vereador Edmilson Campos (Café no Bule) apresentou requerimento aprovado por unanimidade na sessão de segunda-feira (10) cobrando explicações a respeito da falta de remédios e de exames laboratoriais na Rede Municipal de Saúde. “A informação que tenho é que quase 6 milhões de reais estão parados  na conta da Secretaria de Saúde enquanto a população sofre com a falta de medicamentos e exames laboratoriais” cobrou Café no Bule.

   A surpresa ficou por conta do posicionamento do vereador Marcinho Lacerda (PMDB) que ao usar a palavra hipotecou apoio ao vereador Edmilson Campos (Café no Bule) e pediu para assinar como coautor o requerimento. “O prefeito precisa explicar porque as coisas não andam na Secretaria de Saúde. Não é possível ter quase 6 milhões de reais na conta e não haver remédios e exames laboratoriais à disposição da nossa população. Tenho que reconhecer e apoiar a iniciativa do meu colega Café no Bule que cobra explicações por parte do executivo” argumentou Lacerda.

   Após receber o apoio do vereador Marcinho Lacerda o vereador Edmilson Campos elevou o tom da cobrança e chegou a dizer que o chefe do Executivo Cacerense é um insensível. “O prefeito é milionário pode buscar tratamento médico para ele e seus familiares nos grandes centros e até no exterior e o trabalhador Cacerense que não tem recursos e depende da Rede Pública, pode morrer a espera de um atendimento” esbravejou Campos.

   A vereadora Valdeníria Dutra Ferreira (PSD) também usou a tribuna para parabenizar o vereador Café no bule. “Realmente o caos da saúde em Cáceres passou de todos os limites. Alguém precisa ser responsabilizado por essa triste situação”

   Para o médico e vereador Félix alvares (SOL) e também para o vereador Tarcísio Paulino (PSB) o que está acontecendo na saúde em Cáceres é um exemplo claro da total falta de competência da gestão do prefeito Francis Maris em adotar ações eficazes e concretas para reverter essa realidade.

   Além do vereador Marcinho Lacerda (PMDB) também assinaram como coautores do requerimento os vereadores Alvasir Alencar (PP),  Domingos Oliveira dos Santos (PSC) e Tarcísio Paulino (PSB). “Órgãos de controle externo como o Ministério Público devem se manifestar sobre o que está acontecendo na saúde em nossa cidade. Realmente faltar remédios e exames laboratoriais com quase 6 milhões de reais na conta é inadmissível” cobrou Félix alvares.

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Café no Bule recebe apoio de Marcinho Lacerda para cobrar melhorias na Saúde

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.