27/11/2013 - 09:58

Por: Jânio Macedo

Saco de maldades no Congresso Nacional


   Todo cuidado ainda vai ser pouco.

   Neste final de ano, os trabalhadores conscientes precisam ficar atentos para que o Papai Noel do Congresso Nacional não nos traga um verdadeiro saco de maldades. A experiência de anos acompanhando os trabalhos do Congresso Nacional já sabe que na reta final tudo que é deixado para última hora e nas proximidades das festas de final de ano, onde as preocupações estão voltadas para as festividades, viagens, e merecido descanso, os Parlamentares do Congresso aproveitam para aprontar aprovando mais uma contra os trabalhadores, nesse caso especial contra nos Servidores Públicos.

   Depois de 25 anos sem regulamentar o direito de greve, agora querem no afogadilho aprovar uma legislação retrógrada que restringe o direito de greve com intimidações e punições. O grave nisso tudo que nem mesmo durante a ditadura militar se viu algo desse tipo. Pasmem! Por que este retrocesso é assinado pelo Senador Romero Jucá (PMDB-RR), relator do projeto que tomou por base uma proposta do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) e conseguiu piorá-lo. Um balaio de gato.

   Ora vejam; a proposta está sendo analisada na Comissão Mista de Consolidação da Legislação Federal e Regulamentação de Dispositivos da Constituição Federal. Os dirigentes Sindicais estão atentos e de olho e não vão deixar esta aberração virar lei, mesmo porque as Centrais Sindicais, por meio de representantes do setor público elaboraram um texto sobre o tema, que já está nas mãos do governo e de parlamentares, e que se aproxima em muito da lei de greve do setor privado. A mesma já foi apresentada ao senador Jucá que insiste em não considerá-la.

   Nossa participação nesse processo de enfrentamentos além de estar acompanhando é fundamental que através dos E-mails, telefone, torpedos com mensagem para os Parlamentares do nosso Estado convocando-os para estarem alinhados aos interesses dos trabalhadores sob pena de nas futuras eleições não contar com nosso voto.  Ao considerar minha crença na democrática sugiro que nosso empenho seja concreto e criativo por que o Congresso está limpando a pauta e os nossos interesses e o futuro mais seguro dependem da nossa capacidade de exigir o que é melhor para todos.

   Assim, lá adiante possamos nos orgulhar de ter contribuído com essa luta que é de todos!

   Agora uma coisa é certa nesta e outras situações que nós trabalhadores nos damos conta de como é importante termos representantes no Congresso Nacional, por isso, no próximo ano precisamos trabalhar e muito para elegermos quem de fato irá nos representar lá em Brasília. Tarefa difícil, mas não impossível.

Prof. Jânio Batista de Macedo
Presidente do SINDNAPI MS
www.sindicatodosaposentados.org.br

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Saco de maldades no Congresso Nacional

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.