27/09/2013 - 16:17

Por: Da redação

PDT ganha reforço na região oeste com filiação de Dr. Leonardo


Colaborou Ana Rosa Fagundes

Wilson Kishi

   Em 2012 Leonardo concorreu à prefeitura de Cáceres, a quinta maior cidade de Mato Grosso, em sua primeira disputa a um cargo eletivo, perdendo o pleito por uma diferença de apenas 312 votos. Para o senador Pedro Taques, embora Leonardo não tenha vencido a eleição, ele saiu fortalecido do processo político. Leonardo é cotado pelo PDT para participar das eleições de 2014 como candidato a deputado estadual.   O PDT de Cáceres realizou na noite desta quinta-feira (26.09) ato de filiação do médico Leonardo Albuquerque. Com a presença do senador Pedro Taques (PDT), o evento contou com a participação do PDT de 12 cidades e aglutinou representantes do PSDB, PPS, PSB, PV, DEM e PRTB.

 

Ana Rosa Fagundes

  Durante seu discurso, Pedro Taques, como sempre acontece nos eventos em que participa, deixou os presentes totalmente atentos com a sua mensagem. “É muito agradável ouvir as palavras do senador”, disse Adilson Lira, morador do bairro Paraíso. “É difícil juntar pessoas para falar de política numa quinta-feira à noite. Mas o que une tanta gente assim é a vontade de mudança, o desejo de representantes sérios, que não pensem apenas nas próximas eleições, mas nas próximas gerações”, disse Pedro Taques.   O presidente do Diretório de Cáceres, Wilson Kishi, ex-vereador por cinco mandatos e ex-vice-prefeito de Cáceres abriu a reunião dizendo que, desde o início do ano, vem defendendo que o médico Leonardo é o que reúne maiores condições de eleição para Estadual. “Desde às eleições de 1998 que Cáceres não elege um deputado estadual. A chance é muito grande com Leonardo, ainda mais agora que está no PDT”, disse Kishi.

   Segundo o senador, na região oeste o partido conta com dois nomes que poderá estar disputando às eleições do ano que vem. “No momento certo vou convidar Leonardo Albuquerque para ser nosso candidato a deputado estadual e Wilson Kishi para deputado federal”, disse Taques.

Ana Rosa Fagundes

   Médico do programa Posto de Saúde da Família (PSF), Leonardo criticou a situação econômica e social de Cáceres, afirmando que, embora seja uma cidade histórica, Cáceres está abandonada pelo governo do estado. Ele ainda lembrou que a Copa do Mundo que será realizada em Mato Grosso recebe o título de “Copa do Pantanal”. No entanto, Cáceres, que uma das cidades que representa esse ecossistema, não está recebendo investimentos pelo mundial.

   Leonardo destacou que entra no PDT para ser um soldado do partido e ajudar no projeto político de transformar Mato Grosso, defendendo a candidatura do senador Pedro Taques ao governo do estado em 2014. “A verdade é que nosso estado não precisa apenas de choque de gestão, precisa de choque de moralidade”, discursou o médico.

   Participaram do evento, representantes do PDT de Cuiabá, Rondonópolis, Araputanga, Mirassol D’oeste, Porto Esperidião, Comodoro, São José dos Quatro Marcos, Lambari D’Oeste, Glória D’oeste, Reserva do Cabaçal, Sapezal e Rio Branco.

   O PDT também ganhou na noite de ontem outra importante filiação: Jefferson Luis Fernandes. Advogado, ele concorreu à prefeitura de Mirassol D’Oeste em 2012, conquistando 4.770 votos, diferença de 350 votos para o eleito. 



Comentários: ( 4 ) cadastrados.
Por: mario
Caceres
Assim que se constroi uma politica de pessoas HONESTAS...ESTAMOS JUNTOS RUMO A VITORIA.....
28/09/2013 07:57:30

Por: Alessandra
Cáceres
É isso aí Dr. Leonardo. No PDT, você será o CARA. Valeu Kishi.
28/09/2013 08:19:06

Por: Carlos Miguel
Cáceres
Dr. Leonardo, sucesso na sua nova casa. Uma casa que tem o senador Pedro Taques significa ética, responsabilidade, maneira diferente de ver a política. O PDT tem esse perfil e parabenizo o Kishi e colegas do partido em aceitar sua filiação. Leonardo, você é a nossa esperança na Assembleia Legislativa. Mais uma vez parabenizo o Kishi por reconhecer em você, a oportunidade de vitória. Estou junto com vocês.
28/09/2013 08:21:04

Por: Lauro
Cáceres
Ta certinho o leonardo de ter saído no antigo partido. La ele seria fritado, ou seja, nao seria candidato.
28/09/2013 08:27:57

Faça o comentário para a noticia: PDT ganha reforço na região oeste com filiação de Dr. Leonardo

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.