01/03/2013 - 08:25

Por: Wilson Kishi

Reclamação Geral


 Esta coluna esteve na prefeitura de Cáceres, no final da tarde de ontem, quinta-feira, ouvidos pelos funcionários indignados com a medida do prefeito Francis Cruz (PMDB) de mudar o expediente da prefeitura a partir de primeiro de março, eis algumas das reclamações:
1 -  Não houve diálogo com servidores e nem com o sindicato;
2 - Tem funcionário que vai pagar pra trabalhar;
3 - Tem servidor que vai ficar sem almoço, porque não valeria a pena ir na sua casa e retornar após;
4 - O prefeito comunicou com dois dias de antecedência, foi arbitrário;
5 - Não deu nenhum prazo para adaptação de quem exerce alguma atividade na parte da manhã.
6 - Ele foi corajoso em mudar no momento em que a prefeitura está com salário atrasado.

Comentários: ( 3 ) cadastrados.
Por: rocha
caceres
para cobrar é muito bom para pagar salario é pessimo esse prefeito é muito autoritario e não sabe nem dialogar com seus colaboradores na sua empresa não á diferente ele acha que ta falando com bando de cachorro,vai colecionar um monte de açao judicial de foncionario publico na sua gestão e eu apoio..
03/03/2013 15:48:23

Por: JC. Oliveira
Cuiabá-mt
Olha, a questão de trabalhar em tempo integral, não vem o caso. Tem que atender a população, com dignidade respeito e tudo mais, sem que para isso, seja necessário o trabalho integral dos servidores, até porque no meu ponto de vista não terá espaço para todos em suas determinadas secções. Porque então não adotar o horário em dois turnos? Um grupo de servidores trabalharia na parte da manhã e outro grupo no período da tarde. Fica ai a sugestão
01/03/2013 13:37:54

Por: servidor desmotivado
caceres
slario que é bom nada! só almenta sirviço... é o quinze meu povo! xupa bugrada, jajá começa querer fazer nois trabalha dia de sabado... axei que a iscravidão tinha cabado... kkkkkkkkk
01/03/2013 10:37:32

Faça o comentário para a noticia: Reclamação Geral

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.