Zaki News

17/12/2012 - 23:01

Por: Wilson Kishi

O Município de Curvelândia


Wilson Kishi
   O município de Curvelândia originou-se dos municípios de Cáceres, Mirassol D’Oeste e Lambari D’Oeste. O clima predominante é o Tropical quente e sub-úmido, com 4 meses de seca, de junho a setembro. Precipitação anual de 1.500 mm, com intensidade máxima em dezembro, janeiro e fevereiro. A temperatura média anual é de 24º C, com maior 42º C, menor 0º C.
Wilson Kishi
Prefeito eleito em 2012, Eli Sanchez e sua
esposa Ederly Dege Romão

   A área total do município é de 748,36 km², limita-se com os seguintes municípios, ao Norte e Leste à 40 Km Lambari D’Oeste, ao Oeste e Noroeste à 25 Km Mirassol D’Oeste e ao Sul com Cáceres à 60 Km. Encontra-se a 311 km da Capital – Cuiabá.

   Na sua hidrografia o Rio principal é o Cabaçal que é um dos afluentes do Rio Paraguai, e vários Córregos menores como Veredinha, Panorama, Lagoão, contando também com a existência de inúmeros lagos naturais acumulados pelas águas pluviais.

   O município tem as seguintes comunidades rurais dentro dos seus limites: Santa Rita, Carretão, Santa Luzia, Novo Panorama, Agro Verde, Plaquelândia, Vila Cabaçal, Palmeirinha, Gleba Tupã e São Saturnino. Suas principais atividades econômicas tem como destaque a pecuária de corte e leiteira, além de agricultura, com culturas perenes, de arroz, cana-de-açúcar e de subsistência.

Elias Leal, prefeito em 2008, recebendo o Certificado "Livro dos Recordes" do maior queijo do mundo    

   Em 2000, concomitantemente com as eleições municipais realizadas em todo o Brasil, Curvelândia elege seu primeiro prefeito, Sr. Elias Mendes Leal Filho (PSDB) e reeleito nas eleições municipais de 2004. A primeira turma de vereadores eleitos em 2000 foram: Cleuzimar Souza de Oliveira, conhecido como “Liba” (PSDB), Gabriel Frades da Silva (PMDB), Lair Ferreira (PSDB), Benedito de Souza Magalhães (PSDB), Valter Carlos da Silva (PSB), Domingo Alves Pereira (PSDB), Francisco Adelmi de Sales (PSB), João Edilson Bergamo (PFL) e Antonio Silva Baleeiro (PTB).

A Revista RDM, edição de Março/2008 destacou a maior caverna de Mato Grosso

   O potencial turístico está direcionado à exploração da caverna do jabuti, considerada a maior deste Estado, com 3,5 km de galerias mapeadas, além de 12 cavernas menores e outras existentes e ainda não exploradas. A festa do Queijo já está consolidada como uma das grandes festas de Mato Grosso, está na sua 10ª edição, quebrando recordes atrás de recordes, já superando a marca de mil quilos. Outra atividade turística à ser desenvolvida é no Rio Cabaçal, com passeios turísticos ecológicos, através de pequenas embarcações. Existem 02 fazendas históricas (Carvoalzinho e Carretão) que poderão ser equipadas, transformadas e exploradas em hotel fazenda como turismo rural.

Fonte de informação extraída do
Texto do Professor Marcos Fonseca
sobre a História de Curvelândia
e Prefeitura de Curvelândia 

 

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: O Município de Curvelândia

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.