13/09/2020 - 10:05

Por: Jânio Batista

Mensagem de Domingo (13)



BOM DIA...!

A nossa mente é uma coisa engraçada. Quanto mais você se aproxima do que quer, mais ela te alerta de que não vai dar certo, de que conseguir seu objetivo é impossível e que o melhor a ser feito é ficar onde você está, quietinho, na sua...! A nossa mente sempre tem uma peça para nos "pregar" - e ela raramente descansa. Nós é que cansamos...! A mente desgasta, e nós permitimos que ela consuma toda esta energia a cada vez que a seguimos em um daqueles que sabemos que serão pensamento sem fim: uma coisa que leva a outra, e à outra, e à outra...! E quando agente vê, o pior cenário já está à nossa frente - nada aconteceu do lado de fora e a gente já está em pleno inferno.

Pois bem, aprendi a acalmar a minha mente e reconectá-la ao meu coração: ninguém está no comando da minha felicidade, exceto "EU" mesmo...! O médico Psiquiatra e escritor Augusto Cury tem uma frase apropriada que guardei: "...A mente humana é como o pêndulo de um relógio que flutua entre a razão e a emoção. Nossa capacidade de tolerar, solidarizar-nos, doar-nos, divertir, criar, intuir, sonhar é uma das maravilhas que surgem desse complexo movimento. O amor é seu melhor fruto. Cuidado com os desvios desse pêndulo....!"  Minha mãe que é bahiana, cresceu diante do mar, disse diz-me sempre que o mar guarda tantos segredos quanto a mente humana, por isso quando ficamos diante dele olhando nos dá tanta calma...! - Daí cultivo esse hábito de parar, pensar, olhar vasculhar a imensidão da minha mente. Lembremo-me para não esquecer que a mente humana, é como "pára-quedas": funciona melhor aberta...! Vamos agora viver bem este domingo que começa. Cuide-se.

(Prof.Jânio Batista de Macedo)

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Mensagem de Domingo (13)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.