04/09/2020 - 07:22

Por: Jânio Batista

Mensagem de Sexta-feira (4)



BOM DIA...!

A vida da gente é a coisa mais bonita que existe. Mesmo que nem sempre seja doce. Mesmo que nem sempre ou as vêzes não  tenha cores. Mesmo porque quem dá o sabor, a cor e o tom somos nós mesmos, diariamente...!

A nossa vida fica mais interessante quando temos mais amor ao falar com as pessoas, e mais paciência ao ouvir. Mais cautela ao lidar com as dores e perdas. Mais amigos de verdade. Mais sorrisos verdadeiros, amores interessantes, sinceros e só...! Sou a favor da transparência, de gente de verdade, sem retoques, sem artifícios. Viver é tão simples...! Li poucos coisa que a escritora Zibia Gasparetto escreveu. Ela faleceu em Outubro de 2018. Ontem coloquei meu olhos num livro dela e saquei está frase espetacular: "...Você está onde se põe. É a lei da vida...! Se você se colocar em um lugar melhor, sua vida mudará e coisas boas começarão a acontecer. Até agora, tem escolhido mal o seu caminho e o resultado é o que você tem. Mas ainda é tempo de mudar. De colocar para fora todo amor, alegria e luz que a vida lhe deu e você apagou. A escolha está em suas mãos."

Em fim, nesse mundo o entendimento sobre a vida está cheia de exemplos, basta olhar, mas não precisa imitar, tente fazer da sua vida o melhor. Por que sobre a vida tem bilhões de historias, mais só uma você se encaixa, a SUA...! Eu ao longo da minha vida particularmente aprendi a olhar outras histórias de vida e ter como parâmetro, mais a minha vida sempre como prioridade, mesmo por que não existe manual de vida, a gente é que faz acontecer e assim vamos construindo nossa história. Afinal, não é difícil ser feliz, difícil é ser feliz sem lutar...! A vida é muito curta para acumular raivas, empilhar mágoas,  e juntar desilusões...! É isso. Vamos seguindo em frente sempre. Desejo-lhe um excelente dia nesta sexta feira. Cuide-se...!

(Prof.Jânio Batista de Macedo)

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Mensagem de Sexta-feira (4)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.