10/08/2020 - 09:00

Por: Antonio Costa / Zakinews

Ismaelzinho, exemplo de dedicação ao serviço público entrou para a história de Cáceres



Antonio Costa, EXCLUSIVO ao Zakinews

 

   Prestes a completar 76 anos de vida, dos quais cinquenta dedicados ao serviço público municipal, o eletricista aposentado que nasceu em Miranda-MS, e que a partir do momento que pisou em solo cacerense, em março de 1961, quando tinha 16 anos de idade, passou a amar este chão onde construiu uma vida de amizades e da mais pura paixão pelo trabalho, é o nosso grande homenageado da semana, mesmo tendo tão somente 1,50 mts de altura. Seu nome:

ESMAEL SORTICA GOMES

Natural de: Miranda-MS
Data de Nascimento: 08 de setembro de 1944
Pais: Pedro Gomes de Lima e de Zilda Sortica de Lima
Irmãos: Moacir, Esmael, Walmir (in memorian), Elza, Neide, Pedro, Odenir, Sidnei, Luiz Augusto, Eduardo, Silvio e Zuleide
Formação: 3º Ano Primário
Profissão: Eletricista
Casado com: Joacele Ribeiro Gomes

 



  
Entrou para o serviço público, em 01 de novembro de 1962, na Administração do prefeito, José Esteves de Lacerda, se aposentou em outubro de 1994; mas continuou a trabalhar na prefeitura até 2014 quando, por força da idade, ser obrigado a ir para casa definitivamente, isso aos 70 anos.

Esmael Sortica Gomes, seu nome é trabalho!

   Ismaelzinho lembra que ele, a princípio, se mudaria para Cáceres juntamente com o irmão Moacir para trabalhar, servir ao exército e ficar na companhia do tio Vicente Gomes, que era funcionário do DNER. Nesse tempo conforme recorda, o órgão responsável pelas estradas, tinha sua sede na localidade da Campinas nas proximidades da Serra do Mangaval na estrada velha de Cuiabá.

   Seus familiares chegaram à conclusão que não suportariam a ausência dos dois, decidiram então mudarem para Cáceres. “Deu certo, aqui fomos todos felizes”, avalia o homenageado.

   Ao se apresentar no 2º Batalhão de Fronteira com o propósito de servir à Pátria, por conta da baixa estatura, Esmael acabou sendo dispensado. Manteve tranquilo e não se deixou abater com a rejeição, mesmo com os planos que havia feito, de no quartel ganhar salário para ajudar a família e se manter.

Jovem aprendiz

   Em companhia do irmão Moacir saíram a procura de trabalho, foi quando ambos passaram em frente a Usina de Luz, à época funcionava no amplo quarteirão das ruas Tiradentes/15 de novembro e Sabino Vieira. O irmão imediatamente ao deparar com a enorme estrutura dos motores a diesel que respondia pelo fornecimento da energia elétrica da cidade, disse: “tai o seu emprego”. Eis que a profecia do irmão se realizou.

   Esmael entrou como ajudante de mecânica, ele começava a realizar um sonho...ao passo que o irmão Moacir foi trabalhar nas Casas Pernambucanas.

   Respondiam pela chefia do complexo a diesel que fornecia energia para Cáceres, os irmãos Jony e José de Oliveira Fontes. Ambos eram autodidatas, mas de um enorme conhecimento no campo da mecânica, de uma inteligência fenomenal. Basta citar que seu Jony como era conhecido, consertou uma das aeronaves da Cruzeiro do Sul que ao posar no aeroporto Manoel Felipe Cuiabano, apresentou-se com problemas mecânicos. Tempos depois ele se deparou com uma máquina Linotipo, do jornal Correio Cacerense. Convocado que foi por um dos sócios da empresa, o capitão Cláudio José de Carvalho Filho, ele deu jeito no equipamento, sem nunca ter visto antes uma máquina daquelas que era a responsável pela composição a chumbo das páginas do jornal.

   Foram esses dois destacados profissionais os primeiros professores do jovem Esmael Sortica. Dessa época ele recorda com enorme saudade do trabalho e volta ao tempo para revelar que o motor Pedroca funcionava no período noturno até por volta da meia noite quando era desligado. Se os geradores funcionavam após o habitual horário indo até o amanhecer, ou estava ocorrendo uma festa de algum famoso, ou velório, ou ainda algum baile nos clubes Humaitá ou EC Mato Grosso.


Entrou no serviço público em 1962

   Aos poucos o jovem aprendiz passou a se destacar nas tarefas afeitas ao complexo responsável pelo fornecimento de energia, pela sua reconhecida inteligência e vontade de aprender. Assim logo foi contratado pela prefeitura com a carteira assinada na gestão do prefeito José Esteves de Lacerda. Desde então só foi adquirindo conhecimentos também na parte elétrica, de telefonia e na montagem das torres repetidoras de TV no difícil acesso ao Morro do Boi Morto (1975 a 1994).

   Nessa época tinha outro técnico especializado com quem aprendeu os detalhes televisivos, tratava-se do catarinense Aderbal Michels. “Tive excelentes professores, tudo que sei hoje devo a eles, reconhece o exemplar servidor público aposentado, ao recordar com imensa saudade dos mestres: Jony (telefonia pública), seu irmão José Fontes (usina de luz) e Aderbal Michels (televisão).


A implantação do Serviço Telefônico

   Sobre a implantação do Sistema de Telefonia Municipal, Esmael Sortica revela que o mestre Jony Fontes foi estagiar-se em São Paulo onde trouxe os conhecimentos para a efetivação do sistema. Ao tomar conhecimento do sistema telefônico, logo estava apto a desenvolvê-lo. Lembra das constantes idas e vindas carregando uma enorme escada nas costas, haja vistas naquela época o automóvel da prefeitura era exclusivamente do prefeito e de algum ou outro secretário. Ele tinha mesmo que fazer a sua parte com muita coragem e conhecimento. Assim foi feito.

   Esmael mostrou seu ecletismo ao conseguir entender os ensinamentos de elétrica/mecânica tanto no Pedroca (grande motor que gerava energia para esta cidade), quanto na construção implantação da Cia Telefônica de Cáceres. Cia esta que foi montada fora dos moldes de todas as empresas telefônicas do Brasil.

   O mestre Jony com a assistência de Esmael e também de Aderbal Michels, que ajudaram a construir desde as bobinas até os equipamentos mais sofisticados para a transmissão. Os modelos dessas peças foram tirados de um livro em alemão traduzidos pelo próprio Jony. Ao mesmo tempo que cuidavam deste projeto eram responsáveis pela energia elétrica da cidade. Isso tudo era feito com uma minúscula equipe, da qual Esmael era um dos únicos que despontavam na aquisição de conhecimento. Com a morte de Jony Fontes foi Esmael quem assumiu todos os trabalhos antes desenvolvidos por seu mestre”.

   O telefone segundo ele, era um bem acessível a poucos, no caso o médico, autoridade do judiciário, prefeito, superiores do exército, etc.

Foto na prefeitura

A homenagem dos colegas da prefeitura

   Em homenagem dos colegas de trabalho da Secretaria de Obras por ocasião dos cinquenta anos de serviço público, da presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Sandra Regina Carvalho Silva, ele foi homenageado como o mais conceituado funcionário da Prefeitura de Cáceres.

   “Esmael é o nosso eletricista, o homem das emergências, do PABX, dos ramais, do fio das bandeiras e tudo o mais que a sua eximia competência e larga experiencia permitem-nos lhe pedir socorro.

   Homem valoroso, íntegro, reto, de um grande caráter, presteza, disposição e generosidade imensuráveis, logo que sempre se desdobrou para atender a tudo e a todos, apesar das parcas condições próprias do meio público que bem conhecemos. Sua história de vida acaba se misturando com a história da prefeitura”.

   Os colegas nas homenagens reconheceram o tudo que ele, Ismaelzinho, o Ismaelito representou para a prefeitura, para o serviço público, para a cidade de Cáceres.

   Em se falando de representatividade, Esmael conta que, o nome Itaporã, da travessa onde mora, a escolha é dele e veio lá das bandas do Mato Grosso do Sul. Itaporã é conhecida como “Cidade do Peixe” pois possui a maior lâmina d’água do estado em matéria de criação e produção de peixes.

   Itaporã é um termo de origem tupi que significa “pedra bonita”, através da junção dos termos Itá (“pedra”) e Porang (“bonito”).


   Portanto, um logradouro sem nenhuma identificação até então, tornou-se oficial com o nome escolhido pelo ilustre morador, e referenciado pelo prefeito da época, Masato Nakarara.


O difícil parar de trabalhar

   Esmael Sortica Gomes, até hoje é citado como referência de trabalho e dedicação ao Serviço Público. Seus ex-colegas ainda o referenciam como exemplo de funcionário dedicado, solícito, onde sempre procurou dar ao máximo de si em prol de desenvolver com competência a profissão que escolheu.

   E, para ele, não está sendo nada fácil ficar sem trabalhar. Após merecidamente ter sido aposentado, eis que ele ainda continuou no batente durante vinte anos. Isso mesmo!

   Diz que ainda está sendo bastante difícil ter que parar de trabalhar. “Fui criado na prefeitura. Ela faz parte de minha vida!”.


  
No aconchego do lar, na companhia da esposa de cinquenta anos de uma feliz e harmoniosa convivência, ele luta para fugir do mal de Alzheimer que começou a aparecer nos últimos dois anos. O médico que o tratava, Dr. José Roberto Alvarez, faleceu recentemente.

   Ao insistir em tentar recobrar a memória, ele volta a recordar com muita saudade dos festivais de pesca “da época da professora Yeda”, segundo garante, os melhores da história de Cáceres. Ele no comando da sua equipe de eletricistas de plantão durante a festa... trabalhava e curtia os shows, a movimentação do público numa confraternização de muita beleza. Hoje é a saudade que ficou.

   Saudade também ele tem dos carnavais do passado. Gostava das folias com os amigos no EC Mato Grosso, Humaitá. Épocas marcantes de um tempo que não volta nunca mais.

   Ismaelzinho não vê a hora da pandemia acabar para voltar a fazer aquilo que mais gosta: dançar. Segundo a esposa Joacele Ribeiro Gomes, “ele é verdadeiro pé de valsa”.

   A companheira de tantos anos volta no tempo e recorda da época em que os dois se conheceram. Revela que foi numa festa de Santo quando estava em companhia da saudosa mãe. Assim que começou o baile, aquele que viria ser o seu namorado e posteriormente o seu amado por toda vida, convidou-o para dançar. Ela disse que estava aprendendo... A partir daquele momento, o pretendente passou a não perder uma única música. Experiente, a mãe comentou com ela: “esse baixinho tá interessado em você”. Dito e feito: conheceram, namoraram, se casaram e viveram felizes para sempre.


  
Enquanto isso, resta a saudade dos afazeres que ocupavam o tempo no meio século de serviço dedicados à Cáceres. Amou aquilo que fez com muita competência e dedicação. Assim sendo, sente muita falta do trabalho na prefeitura, esta foi parte de sua vida.

   Esmael e Joacele se casaram em 06 de setembro de 1969 na Igreja do Perpétuo Socorro, celebrado pelo Padre Paulo Maria Cabrol. No próximo mês, completam 51 anos de verdadeira união e muito amor.

 


Comentários: ( 21 ) cadastrados.
Por: Arq. Andre Luis Ambrosio Pereira
Cuiabá
Parabéns aos editores do ZakiNews por perpetuarem a história das ilustres personalidades de Cáceres...
18/08/2020 18:47:04

Por: MANOEL PEDRO
Cáceres
JUSTÍSSIMA HOMENAGEM, PELOS POUCOS CONTATOS QUE TIVE COM O SR. ISMAELZINHO, SENTIMOS O CARISMA QUE ELE TEM, SIMPLES, MAIS UMA PESSOA TOTALMENTE CARISMÁTICA, O DITADO JÁ FALA, NOS MENORES FRASCOS TEM OS MELHORES PERFUMES, OBRIGADO ESMAELZINHO, PELA DEDICAÇÃO A NOSSA CIDADE, PARABÉNS PELO EXEMPLO E ZELO, DEUS ABENÇOE AO SENHOR E SUA FAMILIA. UM NOME BEM SUGESTIVO PARA O PAÇO MUNICIPAL, A QUEM SE DEDICOU COM CORPO E ALMA NAQUELE LUGAR.
12/08/2020 11:00:53

Por: Maria Madalena Souza Pinto
Cáceres
Parabéns Kishi e Toninho pelas matérias alusivas à personalidades célebres de Cáceres..
Os festivais de pesca e folclore, além de outras festividades públicas, não aconteceriam sem o apoio do Sr Esmael..
Nessas matérias, aos poucos, vamos conhecendo mais sobre os acontecimentos que formam a história do município.
Parabéns Sr Esmael pelo exemplo demonstrado.
11/08/2020 19:47:28

Por: Jackeline
Cáceres
Parabens KISHI E ANTONIO, é emocionante relembrar e também conhecer tantas histórias da nossa amada Cáceres.
11/08/2020 18:02:49

Por: Pedro Sortica Gomes de Lima
Paulínia SP
Ismael, além de ser um exímio técnico e grande trabalhador, ele é uma pessoa maravilhosa que angariou amigos ao longo da vida. Não há quem não conheça e quem não tenha profunda admiração por sua pessoa, na cidade de Cáceres.
Ele é um recordista em anos de trabalho em uma mesma empresa, mas, se fizermos uma leitura no sei livro de pontos, veremos que ele tem o record de frequência e assiduidade no trabalho, pois mesmo doente ele estava à disposição para qualquer labor.
Grande Ismael, com rara capacidade e inteligência, amoroso e zeloso por seus familiares, merece as homenagens que lhe atribuem.
Parabéns ao meu irmão, meu ex chefe, instrutor e modelo profissional.
Deus o abençoe abundantemente.
11/08/2020 11:15:36

Por: Roseli Alves Santana
Cáceres mt
Parabéns, uma linda homenagem ao meu querido amigo Ismael, trabalhamos juntos na Prefeitura de Cáceres no PABX um ser humano exemplar dedicado. Que Deus continue te abençoando meu amigo te concedendo muita saúde.
10/08/2020 22:29:03

Por: Claudiomiro Savoine
Glória D'Oeste-MT
Que homenagem bonita a um homem tão simples, vendo essas fotos, e como num videoteip, vejo padre Paulo, com sua surrada batina em umas das missas em Tabuleta e Glória D'Oeste-Mt, nos final de dos anos 60!
10/08/2020 19:42:02

Por: Odete Reis
Cáceres
Realmente uma história rara a ser contada, tem que ter muito amor pela profissão e força de verdade para construir essa carreira. Parabéns!
10/08/2020 17:32:05

Por: Helton de Matos Ourives
Cáceres
Ismaelzinho, lembro sempre se doando nas festas da igreja São Francisco de Assis, e onde? Sempre na parte elétrica, comprometido com sua comunidade, tive prazer de mais de 40 anos velo passado pela minha rua muitos deles levando a criançada para escola São Luiz, tamanho para ele nunca foi problema por que o coração era maior que o tamanho físico. Homenagem merecida, Deus abençoe ele e sua família.
10/08/2020 16:41:21

Por: Josilaine Deluque Ribeiro
Cáceres
Como não amar o senhor Meu Tio Pai , pois é assim que meu coração o reconhece. O Senhor e a
Tia é minha vida o meu tudo , pois tudo que sou devevo a vcs que me criou como filha e o mesmo esta fazendo por meus filhos que sei que são tudo p / vocês. Meu respeito e minha admiração tenho por ti.
Uma homenagem belíssimo de grande merecimento, nos da família sabíamos como a Prefeitura era sua vida e como até hoje o senhor sente falta do lugar onde foi um homem de total respeito, amigo de todos ...
Te amo mais que tudo na minha vida... Meu
"TioPai"... Meu amor Minha Vida.🥰
10/08/2020 15:43:27

Por: Abigail Sortica
Campinas
"Homem valoroso, íntegro, reto, de um grande caráter, presteza, disposição e generosidade imensuráveis, logo que sempre se desdobrou para atender a tudo e a todos..."
Parabéns para o tio Esmael! 👏🏼👏🏼👏🏼 Que história! Amei a reportagem.
10/08/2020 14:46:02

Por: Esdras Crepaldi
Cáceres
Homenagem justa. Um exemplo de ser humano e servidor público. Tive a honra de trabalhar com o Esmaelzinho na Prefeitura e em diversos festivais de pesca e eventos cívicos. Sempre com um sorriso peculiar no rosto, bom humor e prestatividade, conquistava todos. Um grande homem de índole ilibada. Bom exemplo para servidores.
Parabéns Sortica.
10/08/2020 13:17:09

Por: Vilson sato
Caceres
pequeno grande homem pequeno no tamanho e grande o coração assim sempre chamei ele e até hj aonde vejo grito ele e sempre sorridente pessoa maravilhosa
10/08/2020 13:16:05

Por: Maria José Serrão
Cáceres
Sou uma pessoa peviligada....tive o prazer e a honra de trabalhar junto com Insmaelzinho por quase 35 anos na Prefeitura Mucipal de Cáceres. Tudo que dependia de eletricidade, PABX e outras coisa mais, só confiava no Ismael, ele sempre muito eficiente, prestativo , honesto e tinha muito comprometimento a bem da coisa pública. Se eu for enumerar as qualidades deste ser humano incrível, ficaria aqui mais 35 anos escrevendo sobre ele. Tenho muita admiração, respeito , carinho e amizade pelo Ismael e sua esposa. Muitos encontros em festas e confraternizações tanto dentro da prefeitura como fora, não é mesmo Insmaelzinho??? Gostamos de dançar....kkkkkk. Fiquei muito feliz com essa homenagem mais que merecida ao meu amigo Ismael. Parabéns ao Insmaelzinho pela homenagem recebida e parabéns ao Zakinews pela publicação dessa maravilhosa reportagem.
10/08/2020 12:55:37

Por: Thaline Murtinho Barreto
Cuiaba
Meu tio querido. Sempre sendo exemplo de vida.
10/08/2020 12:46:39

Por: Antonio Isidorio da Silva Filho
Cáceres - MT
Esmael, também chamado de Maéco, pelo meu irmão Renato e outros amigos, se fosse militar, seria escolhido como “A Praça mais Distinta do Batalhão”. Querido e admirado por todas as pessoas da cidade. Estamos falando de uma Cáceres dos anos de 1960/70, onde todos se conheciam. Ele era o parceiro do “Haroldo da Luz”, e os dois eram os responsáveis pelo colossal motor a óleo diesel, que fornecia energia elétrica para a cidade.
Frequentei muito sua casa ali na esquina das ruas Sabino Vieira e dos Operários, devido à minha estreita amizade com seu irmão Pedrinho.
Vida longa ao Esmael, Esmaelzinho ou Maéco!
Justíssima, essa homenagem, Kishi!
Parabéns!
10/08/2020 12:36:39

Por: Francisco da Silva- DA Silva.
Caceres
Justíssima homenagem, profissional competente, excelente amigo, pai de família exemplar.
10/08/2020 12:01:18

Por: CARLOS ALBERTO MATIELLO SOBRINHO
Cáceres
REALMENTE o sr. merece sim todas as homenagens, pois não tem tempo ruim para esse SENHOR, por várias vezes desde criança sempre o vejo trabalhando como eletricista, socorrendo eventos, quando alguma falha da energia, exemplos do CMTG, ele sempre aparecia quando caia alguma fase, mesmo nos domingos, por ultimo me lembro da praça da cavalhada FEIRINHA DA PRAÇA, quando alguma falha na fase, QUEM APARECE? sr. ISMAELZINHO, grande HOMEM, já vem de berço famillia SORTICA sao pessoas do BEM E DA GRAÇA DE DEUS.
10/08/2020 10:41:31

Por: Olga Castrillon
Caceres-MT
Tenho o maior carinho por Esmael. Meu saudoso pai, Natalino Ferreira Mendes, tinha-o em imensa estima. Foi nosso baluarte nos serviços gerais do IESC (à época, uma instituição municipal), embrião da Unemat. Homenagem merecidíssima, pois é uma personagem necessaria à memória cacerense. Zakinews sabe o q faz!!!
10/08/2020 10:41:13

Por: Paulo Cesar Homem de Melo
Cuiabá
Fim de semana... Quarentena, televisões e jornais irradiando notícias, eventos e personalidades discutíveis .
Segunda-feira......Vocês nos acostumaram em seu site a nos apresentarem história de vida de pessoas do mais alto nível, Freis, Dona Margarida , a parteira, João da Costa e muitos outros, nos fazendo crer que ainda existem exemplos a divulgarmos para essa juventude, tão carente de ver isso nos meios de comunicação.
Hoje , estamos lembrando do grande Esmael, pequeno só no tamanho, com quem tive a honra de trabalhar durante muitos anos, vendo sua impressionante habilidade, capacidade, honestidade e um exemplo de ser humano. E ele ,ainda bem, frequentando o Ponto de Táxi da Praça Barão.
Parabéns ,Kishi e Toninho ,por esse tributo à vida de Esmael Sortica.
10/08/2020 10:38:27

Por: ROBERT KARUZZ
CÁCERES-MT
MUITO BOM RELEMBRAR DESSE QUE SEMPRE FOI UM DOS QUE AMAM O TRABALHO E A PROFISSÃO. NUNCA VI UMA PESSOA GOSTAR TANTO DO QUE FAZ COMO ESSE "GRANDE PEQUENO HOMEM". QUANDO NÃO ESTAVA DENTRO DO FORRO DO PRÉDIO DA PREFEITURA ESTAVA EM ALGUM POSTE OU ATÉ MESMO CONSERTANDO OS ANTIGOS SEMÁFOROS DA CIDADE... PARABÉNS ISMAELZINHO E QUE DEUS LHE DE MUITOS ANOS DE VIDA E CONTINUE SENDO ESSA PESSOA CARISMÁTICA.
10/08/2020 08:19:21

Faça o comentário para a noticia: Ismaelzinho, exemplo de dedicação ao serviço público entrou para a história de Cáceres

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.