22/07/2020 - 07:55

Por: Jânio Batista

Mensagem de Quarta-feira (22)



BOM DIA...!

Quando eu era jovem, adolescente, tinha dificuldade em aceitar as coisas do jeito que as coisas eram. Com o passar do tempo, fui aprendendo o quando aceitar e não era um ato de resignação, mas de coragem: coragem para seguir firme pelo oceano adentro, mesmo que apesar do tempo fosse ruim... Abreviei minha birra existencial e fui lutar para construir minha vida...! Quando me sentia injustiçado,  considerei um motivo importante: não perder a alegria na luta...!

Fui resistindo. E insisti em olhar para dentro, olhar para o outro, olhar ao redor novamente – e me reconhecer. Olhava para o que me movia...Para o que me fazia desafiar mesmo que uma força estranha que tentasse me silenciar...! Não deixei acontecer. Porque morou sempre dentro do meu peito uma coragem, uma vontade de confrontar o “desamor"...! E minha arma sempre disparou flores, abraços, beijos e palavras que falam da possibilidade da gente construir mais, juntar as forças e destruir menos...!

Finalmente estou chegando na idade da maturidade...E nesses últimos dias ando dando crédito as palavras do saudoso escritor e jornalista Caio Fernando Abreu: "... Vou cuidar de mim. De mim do meu coração e dessa minha mania de amar demais, de querer demais, de esperar demais..." - Pois é, somente quando nos valorizamos percebemos que nosso tempo vale ouro e procuramos definir melhor com quem, com o quê, e como o empregamos. Também reservamos uma parte dele para estarmos a sós com nós mesmos... Porque quando amamos a nós mesmos o tempo deixa de ser um conceito abstrato e se transforma no nosso maior aliado. É isso...! Desejo-lhe um belo dia. Que o seu dia hoje seja próspero. Cuide-se...!

(Prof.Jânio Batista de Macedo)

 

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Mensagem de Quarta-feira (22)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.