19/07/2020 - 11:15

Por: Jânio Batista

Mensagem de Domingo (19)



BOM DIA...!

Cheguei tarde com nossa reflexão matinal. Estou numa cidade distante da capital 85 km. Rochedo, aqui predomina um calor de 35 graus, a noite e é fria no está manhã. Mas daqui a pouco o sol eleva a temperatura. Infelizmente a operadora Claro aqui não funciona. Fiquei ilhado...! Até que consegui "rotear" o sinal de outro aparelho de um amigo - cá estou no mundo via internet. No lugar que me encontro é distante do centro, apenas 3 pessoas, estamos bem, a cidade quanto a pandemia está controlada. Sem índice alarmante de Covid 19.

Aqui na beira do Rio Aquidauana estava refletindo cá com meus botões. Sempre será complicado tentar entender nossos sentimentos, pois não existe nada mais subjetivo do que o domínio que eles exercem em nossa alma. Por mais que se tente, não conseguimos chegar a uma definição aceitável. Na realidade, apenas existe uma definição clara e precisa: "...sentimentos são indefiníveis, e, além disso, são praticamente incontroláveis, constantemente fugindo do que seria uma lógica razoável." - Gostamos ou desgostamos sem que na realidade possamos saber o por quê. Muitas vezes conseguimos mantê-los sob controle da razão, mas nunca por muito tempo... 

E, quando conseguimos nos libertar dessa coisa complicada que é a razão, explodem com mais força e intensidade. Li um pensamento simplesmente definitivo sobre os sentimentos, de autoria de Prof. e escritor Rubem Alves: “...Somos donos de nossos atos mas não somos donos dos nossos sentimentos. Somos culpados pelo que fazemos mas não somos culpados pelo que sentimos...! Podemos prometer atos. Não podemos prometer sentimentos... Atos são pássaros engaiolados... Sentimentos são pássaros em vôo..." - Sem qualquer sombra de dúvida, somos perfeitamente capazes de controlar nossos atos.  Decidir o que devemos ou não fazer. Resolver o que nos é possível executar.  São decisões que dependem de nossa vontade. Não poderemos jamais prometer amar alguém, ou mesmo odiar alguém, pois não conseguimos controlar nossas emoções.  É realmente inexplicável o que acontece com nossas emoções... Poderemos sufocar nosso sentimento, controlá-lo, para que não atrapalhe muito nossa vida. Mas ele lá ficará latente, apenas esperando uma ocasião para explodir...!

Assim, como inexplicável é o amor, o mesmo se aplica à amizade, ao carinho, ao ódio, ao desprezo. Como se explica que determinadas pessoas são amadas por uns, e detestadas por outros...? O mesmo se aplica a filmes, livros, esportes, preferências - (sexuais ou não..)...Enfim, a tudo na vida. Sempre haverá alguém para gostar de algo ou alguém. E sem que saiba dizer o por que. Existe um provérbio popular bem adequado: “...Se todos gostassem do azul, o que seria do amarelo...?”  Bem, penso que todos gostam de um LINDO DIA...E esse é meu desejo para você nesse dia que tem tudo para ser prazeroso. Espero pegar um peixe para o almoço. Sigamos em frente...! Cuide-se...!

(Prof.Jânio Batista de Macedo)

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Mensagem de Domingo (19)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.