18/01/2020 - 08:09

Por: Jânio Batista

Mensagem de Sábado (18)


 

BOM DIA...!

Eu tenho muitos e muitos desejos...! Ufa, ainda bem...! Desejos grandes, desejos pequenos, apenas desejos...! E nesse mundo em que eu desejo tanto, às vezes, é muito fácil conquistar esses desejos. Por exemplo; para o desejo de sorvete, a sorveteria, para o desejo de “petit gateau,” a doceria, para o desejo de liberdade, o vôo, a viajem, para o desejo de diversão, a sexta à noite, para o desejo de abraço, o encontro...! Mas e o desejo do amor...? Não encontro respostas, não sacio o amor, só pratico...! E não é facil. É preciso saber doar-se, esmerilhar-se e ser constante...! Conviver a dois é um processo. O coração e a realidade precisam falar a mesma língua, mas ainda assim não se entendem em uma vontade de concretizar as vezes a prática do amor. Por que o amor é o instrumento transformador definitivo, é a maior sentimento que você pode usar contra as coisas que te afligem: intolerância, falta de empatia, a solidão e tudo o mais.

Para as pessoas que desejam encontrar um amor para viver uma vida não se aventure a procurar pessoas só pela Internet, por que o desejo de amar de algumas delas é muito sexual ou virtual demais...É preciso estar aberto para encontrar o amor sem pressa, desejar que aconteça esse encontro... Li um dia um texto bacana do cineasta e escritor Arnaldo Jabor. Achei interessante a sua visão sobre o amor: "...O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar. Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referênciais. Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca..." Pois é; o ser humano tem a mania de achar que amor é algo que se busca...

O amor vem de onde menos se espera, quando não se está procurando por ele. Sair à procura do amor nunca resulta na chegada do parceiro(a) certo(a). Só cria melancolia e infelicidade. Se você já encontrou o seu amor, cuide...! Cuidar é oferecer o coração para repartir as dores do outro e trazer, assim, no próprio peito, a consciência do que dói e a vontade de ser cura, procurando dar-se com palavras e gestos de gentileza e bem-estar...! Um excente dia para você e vamos em frente...!

(Prof. Jânio Batista de Macedo)

 

Comentários: ( 1 ) cadastrados.
Por: Anônimo

Lindo texto!
18/01/2020 08:01:17

Faça o comentário para a noticia: Mensagem de Sábado (18)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.