15/12/2019 - 07:28

Por: Jânio Batista

Mensagem de Domingo (15)


BOM DIA...!
Somei fazendo as contas. Lá se vão 18 anos que tomei algumas atitudes e venho cumprindo de verdade...! Desisti de ouvir, ler e assistir o que não me faz bem...! Sou determinado, troco o canal quando vejo que vai dar uma notícia ruim, não ouço música com letras ruins, exdruxulas e pedantes, desligo a televisão se está passando algum filme violento, ou uma notícia morte de um local lá de uma comunidade de uma capital do Brasil, viro a página do Jornal com a desgraça do dia, passo rápido pela notícia do site quando algo não me acrescenta. Alguém aí pode achar que este é um comportamento "alienado" ou que estou me escondendo da vida. Ledo engano...!

Estou é me protegendo...! É minha escolha. De forma alguma, quer dizer que estou de braços cruzados sonhando com o mundo perfeito. Hoje contribuo ativamente como voluntário no meu trabalho por um mundo melhor.  O mundo já tem muita maldade. Não sou a favor de alimentar este ciclo, nem de me contaminar por esse tipo de sentimentos. Exite morte, fome, miséria, problemas, violências, insegurança, matança banal e injustiças. E não preciso ficar na frente da TV para saber disso tudo, basta conversar com as pessoas. Basta estar atento ao que acontece ao meu redor a cada segundo. Mas acho que a minha reflexão diária, a atitude de selecionar e me afastar do ruim funciona muito melhor do que as lamentações num papo de corredor sobre a tragédia do dia...! Não me alimenho de sangue e violências dos noticiarios de Jornais. Foco no bem...! Foco no que preciso fazer de bom e de bem. Foco na minha familia. Foco na natureza, na preservação, no bem querer, no que me faz bem e feliz. Com isso estou alcançando a serenidade e minha qualidade de vida. É isso. Vai aqui então meu desejo a você para que seu dia hoje seja feliz...! Vamos em frente...!

(Prof Jânio Batista de Macedo)

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Mensagem de Domingo (15)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.