26/11/2019 - 07:24

Por: Jânio Batista

Mensagem de Terça-feira (26)


 

BOM DIA...!

Hoje amanheci com saudades...O que é o tempo senão uma forma de dar precisão à saudade...? Quando é saudade, a música pequena nos canta uma memória toda. Um detalhe despretensioso no dia, esboça imediatamente no semblante aquela urgência: nuances de eternos instantes daquele canto específico em nosso peito. Quando é saudade, os ramos crescem por nossos muros: o tempo se alarga e caminha sem olhar em volta – enquanto nada vem. Quando é saudade, cada alvorecer é fome: porque saudade tem forma e tem nome. Tem a cor da tinta que risca os dias no calendário. Som vago do sopro solitário, sobre a vela imaginária no último aniversário...

Quando é saudade, ainda que ponteada pela cética do realismo e da impossibilidade paira-nos uma sombra de ternura que se acumula e não se basta em lugar algum. Em ninguém. Nada nos é preenchível e mais necessário, além da presença: porque alívio se chama abraço. Porque saudade, é esse amor que repousa tênue e descomplicado, refletindo sempre, por sobre a água mais pura dos nossos olhos...Um bom dia para você...! Lembre-se; a saudade é um dos sentimentos mais urgentes que existe...!

 

 

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Mensagem de Terça-feira (26)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.