13/11/2019 - 07:45

Por: Jânio Batista

Mensagem de Quarta-feira (13)



BOM DIA...!


Sempre gostei dos livros que começavam com reticências e terminavam com vírgulas. Um jeito meio clariceano de ser. A história já começa no meio e termina sem fim, suspensa pela pausa. Sempre vi tanta poeticidade nisso.
Sempre vi tanta leveza. Talvez por isso um dos filmes de que mais gostei na vida seja aquele cujo final é uma pergunta de surpresa e de assombro feita pelo casal de protagonistas. Não há “felizes-para-sempre”. Não há “separados-para-sempre”. Tenho percebido cada vez mais como a perspectiva do definitivo nos assusta. Nós morremos de medo de sermos aprisionados pela perspectiva do “amanhã-não-vai-dar-pra-mudar-mais..." Aí a gente foge do “JÁ”.


Pelo temor de um amanhã que pode isso ou aquilo, a gente perde o HOJE...! Quantos “hojes” eu não perdi ontem por medo de um amanhã que poderia me trazer sofrimento...? Quando penso nisso, sou tomado por um "estúpido", alto e sonoro: “Mas valeu...!” - Valeu o aprendizado. É que, depois que tantos anos passam aquilo que parecia gigante se torna tão insignificante que nem sobra. "O que nós fazemos...?", pergunta o casalzinho no filme... Aí respondo: “...Parar de se boicotar já é muita coisa. Um dia de cada vez. Um passo depois do outro. E só...!”  É isso...! Um ótimo dia, que o hoje seja de realizações interessantes...!

 

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Mensagem de Quarta-feira (13)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.