18/05/2019 - 22:22

Por: Romualdo Junior

Alta Floresta chega aos 43 anos fazendo história


 

   Neste domingo, dia 19 de maio, a cidade de Alta Floresta, localizada distante 800 km de Cuiabá, irá completar 43 anos. Neste momento festivo, nada mais justo que parabenizar o povo altaflorestense, gente de bem, honesta e batalhadora que, com seu trabalho diário, constrói o desenvolvimento do município e dentro das suas possibilidades não mede esforços na busca do crescimento e de dias melhores para a cidade, que foi fundada graças à audácia e determinação de homens de como o srº Ariosto da Riva (In memoriam), que na década de 70 adquiriu uma grande área na Região, com a intenção de instalar um novo projeto de colonização.

A exemplo do seu Ariosto e de tantas outras pessoas que vieram de várias regiões do Brasil, em busca de trabalho, objetivos e sonhos, eu também vim de Paranavaí, Paraná. Com 22 anos de idade, cheguei com apenas duas malas de roupas em Alta Floresta, no ano de 1978, quando fui transferido de uma agência do extinto Banco Financial da cidade de Maringá.

De família humilde, nunca me imaginei ganhando o cenário político do Estado. Fui muito bem acolhido pelas pessoas da cidade, inclusive ganhei a amizade do srº Ariosto da Riva, que me tratava como filho. Assim é Alta Floresta, acolhedora, transformadora. Uma terra de oportunidades. Parabéns, capitão do Nortão!

História - Inicialmente, Alta Floresta foi fundada com o propósito de ter uma economia baseada na agricultura, nos primeiros anos, o cacau, o café, e o guaraná foram a base da economia do local. No início da década de 1980, com a descoberta de imensas reservas de ouro em áreas do então jovem município de 23 mil habitantes, atraiu milhares de garimpeiros de todo o Brasil. Em 1986 o número de moradores já havia pulado para 100 mil.

No início dos anos 90, o preço do metal caiu drasticamente, levando o município a um grande revés na população e na economia. No decorrer desta década, a extração madeireira e a pecuária seguraram a economia de Alta Floresta.

Em 2000, a pecuária se consolidou como a grande vocação econômica do município, fazendo de Alta Floresta uma das cidades brasileiras com maior rebanho bovino, contando com três indústrias frigoríficas e laticínio. O município, na atualidade, de acordo com o IBGE, conta com cerca de 50 mil habitantes.

Meus parabéns a essa cidade que eu tanto amo, obrigado pelo acolhimento. Meus cumprimentos a todos os moradores neste dia especial…

*Romoaldo Junior
é deputado estadual.

 

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Alta Floresta chega aos 43 anos fazendo história

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.