01/03/2019 - 17:13

Por: Da Redação/Midianews

“Os planos de providências são capazes de resolver os problemas e evitar causa e repetição”, diz Hideki


Alair Ribeiro/MidiaNews

   Essa declaração foi dada pelo Controlador Geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida, em entrevista ao site Midia News, da Capital, afirmando que a Saúde é a área prioritária no governo Mauro Mendes. Para isso a CGE está realizando pelo menos 10 trabalhos em atividades sistêmicas.

   Na Secretaria de Estado de Saúde, a Controladoria está priorizando os trabalhos em parceria com a direção superior do órgão e na reestruturação da Unidade Setorial de Controle Interno (Uniseci) da SES, que tem como uma das atribuições, auxiliar as unidades executoras na elaboração dos planos de providências de controle interno nas respostas às recomendações da própria CGE e outras instituições como o TCE, MPE, CGU e TCU.

   “Os planos de providência são importantes principalmente sob o aspecto de que sua elaboração tem levado o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) a flexibilizar os apontamentos quando da apreciação das contas de exercícios posteriores. Além disso, a orientação da CGE é que os planos contemplem ações capazes de resolver não somente o problema em si, mas sua causa, para evitar repetição”, argumentou Hideki.

   Dentre os principais trabalhos em andamento na CGE estão a auditoria na gestão dos recursos financeiros transferidos entre os anos de 2013 e 2018 aos sete Hospitais Regionais de Mato Grosso (Várzea Grande, Sorriso, Alta Floresta, Colíder, Rondonópolis, Cáceres e Sinop) e a auditoria complementar na análise realizada pela AGSUS na execução dos serviços de oncologia no Hospital Regional de Cáceres no período de junho de 2012 a agosto de 2017.

   Para Hideki, a Uniseci pode auxiliar muito os setores no controle para garantir  a legal aplicação dos recursos públicos, principalmente na Saúde. “É a pasta com maior volume de fiscalização dos órgãos de controle interno e externo por conta da relevância social e montantes de recursos envolvidos e o papel da Uniseci é fundamental”, destacou Hideki Hayashida.

   O controlador geral revelou ainda que, além da avaliação administrativa e sua eficiência de gestão nas contratações, pessoal, orçamentária, contábil, financeira e patrimonial da SES, também é prioridade do órgão realizar orientações e capacitações aos servidores da secretaria de Saúde do Estado.

   O início dos trabalhos foi no Hospital de Sinop, em parceria com técnicos da Auditoria-Geral do Sistema Único de Saúde (AGSUS), com levantamento de informações junto à à organização social gestora da unidade de saúde e aos funcionários do Hospital Regional sobre os atendimentos efetivados. Com a auditoria complementar, serão quantificados os danos, se for o caso, e individualizados os responsáveis por cada etapa na cadeia de execução do contrato. A auditoria se estende no sistema de aquisição e distribuição de medicamentos, visando analisar a eficiência e economicidade na aquisição, estocagem e distribuição de medicamentos.

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: “Os planos de providências são capazes de resolver os problemas e evitar causa e repetição”, diz Hideki

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.