Zaki News

15/01/2018 - 06:45

Por: Assessoria

Chuvas intensas destroem barragem da represa que abastece Mirassol D'Oeste


   O rompimento da barragem da represa de captação de água do Córrego Carnaíba, localizada próxima à antiga escola Técnica Rural, ocorrida na madrugada do dia 09 de janeiro, pode comprometer o abastecimento de água este ano em Mirassol D’Oeste.

   Em visita “in loco”, o prefeito Euclides Paixão, acompanhados do vice-Prefeito, Fransuelo Ferrai, do Secretário Municipal de Desenvolvimento Sustentável, Gessimar Charles, do Diretor do Serviço Autônomo de Àgua e Esgoto (Saemi), Valter César Coutinho, da Sanitarista do Saemi, Kerley Cristina Amaral Ferreira Pinhal, do desenhista da Prefeitura Miguel Melo, da engenheira Civil Cryslaine Ferreira de Souza e do assistente técnico Adrialdo Santos, ambos da Defesa Civil, estiveram no local para verem a dimensão do problema.

   Euclides Paixão disse que: “A situação é critica, mas já estamos trabalhando preventivamente pela manutenção, pois o rompimento da barragem que represava a água, praticamente esvaziou o local”.

   O Prefeito disse que de inicio haverá uma mobilização de uma força-tarefa, para iniciar um paliativo, com medidas de contenção, antes que a situação se agrave. “Nossos engenheiros já estão verificando a melhor forma de contenção do rompimento da barragem, onde um plano emergencial será colocado em prática nos próximos dias.”

   Após o relatório conclusivo dos danos causados, o prefeito Euclides Paixão deverá decretar situação de emergência, para poder fazer o enfrentamento da situação, levando em consideração que houve grandes estragos causados no local.

   O assistente técnico da Defesa Civil do Estado do Mato Grosso, Adrialdo Santos, explica que após receber o relatório, irá levantar junto ao Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), e a Agência Nacional de Águas (ANA), o volume de chuvas que caíram na cidade, naquela data, e outros dados coletados por eles durante a visita, onde eles eles irão concluir o relatório final, no máximo em 15 dias, encaminhando para Brasília, para as deliberações emergenciais no município.

   Segundo os representantes da Defesa Civil, foram constatadas outras infiltrações, além de vazamento pela adutora, podendo agravar a situação.

   O engenheiro da Prefeitura, Cleyton Bessa, em valores aproximados, calculou como base 30 metros de largura, 25 metros de comprimento e 6 metros de fundura, na ruptura, o que daria 6.250 m³ cúbicos, que seriam necessário de 500 caminhões de aterro para a contenção da água na represa.

   O Diretor César da Saemi, ressaltou em sua fala que a priori não haverá interrupção no abastecimento de água, podendo sim, a partir de maio/junho, quando começar o período da estiagem, houver severos racionamentos.

   Sobre a represa:

   A Represa Carnaíba recebe esse nome devido ao principal córrego formador, o Córrego Carnaíba, que nasce próximo ao Distrito de Sonho Azul, onde juntamente com Córrego Ribeirão Caeté, são os principais córregos usados para o abastecimento público de Mirassol D'Oeste.

 



Por Nilomar Cunha

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Chuvas intensas destroem barragem da represa que abastece Mirassol D'Oeste

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.