Zaki News

10/10/2017 - 11:33

Por: Assessoria

Taques debate Teto de Gastos com segmentos comercial e empresarial


Foto: Francisco Alves

   O governador Pedro Taques se reuniu com empresários do setor comercial e presidentes de federações para discutir a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto de Gastos e os impactos da contenção de gastos na administração do Estado. A reunião foi realizada nesta segunda-feira (09.10), no salão Garcia Neto, e também contou com a participação de deputados e secretários estaduais.

   O projeto da PEC será votado em dois turnos, sendo o primeiro marcado para esta terça (10.10), no plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. A proposta tem o objetivo de reforçar a disciplina e o equilíbrio fiscal para um período de 10 exercícios financeiros mediante a criação de regras que evitem a expansão do gasto corrente além da capacidade financeira do Estado.

   O chefe do executivo pediu apoio e ressaltou que não poderá deixar que o Estado volte a ter gastos sem nenhum controle. “Eu entendo que o Estado só pode gastar o que ele arrecada e não pode ser gastador. Nós economizamos um bilhão de reais em mil dias. No entanto, a receita de pessoal e as despesas cresceram muito mais. A PEC vai trazer para o limite de gastos o que é arrecadado e precisamos aprová-la”, pontuou o governador Pedro Taques.

   O Regime de Recuperação Fiscal (RRF) atinge todos os Poderes. Com a aprovação da PEC, Mato Grosso pode aderir ao Plano de Auxílio aos Estados e ao Distrito Federal, proposto pela União, e que prevê o alongamento de prazo para o pagamento de dívidas públicas, medida que alivia as contas do poder público e garante novos investimentos no estado e nos municípios.

   Durante o debate, os empresários do segmento comercial e também do agronegócio se manifestaram favoráveis à aprovação e destacaram os benefícios para o governo em geral, servidores, iniciativa privada e população.

 

Por Evelyn Ribeiro/Gcom-MT

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Taques debate Teto de Gastos com segmentos comercial e empresarial

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.