Zaki News

18/09/2017 - 08:00

Por: Redação Zakinews

Pedalada pela prevenção do Suicídio aconteceu em Barra do Bugres


   No último sábado (16), a Prefeitura Municipal de Barra do Bugres, por meio do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), grupo Pedal Barra, Nova Integração, Instituto Assistencial do Desenvolvimento (IAD), Polícia Militar e outros parceiros, realizou a Pedalada em prol da luta pela prevenção ao Suicídio. Este mês é marcado pelo “Setembro Amarelo”, o qual diversas cidades do país se mobilizam e criam campanhas de conscientização para alertar a população sobre a realidade do suicídio e suas formas de prevenção.

    A Pedalada teve a concentração inicial em frente ao antigo hospital municipal, no bairro Maracanã, os participantes passaram por várias ruas da cidade chegando até a Praça Ângelo Masson. Todo o trajeto teve o apoio da Polícia Militar. O Prefeito da cidade, Raimundo Nonato, participou da ação e disse que sua gestão está sempre desenvolvendo campanhas para que Barra do Bugres não reforce o número dessa triste realidade. 

   A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que cerca de 12 mil casos de suicídio ocorram por ano no Brasil. No mundo, são mais de 800 mil registros. Essa é uma realidade que deve ser debatida na sociedade, pois ela costuma afetar silenciosamente a vítima, que normalmente inicia o pensamento suicida em decorrência de uma depressão, desencadeada por uma decepção, falta de perspectiva, sensação de solidão e angústia. Transtornos bipolares, esquizofrenia e quadros psicóticos graves são outros comportamentos perigosos que podem levar o indivíduo a tirar a própria vida. Essas pessoas precisam de atenção, compreensão e devem se sentir acolhidas pelos seus familiares, para que não tenham medo de falar dos seus problemas. Por isso também a importância das políticas públicas criarem campanhas que abordem o tema e levar conhecimento a quem não possui. 





Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Pedalada pela prevenção do Suicídio aconteceu em Barra do Bugres

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.