Zaki News

13/07/2017 - 18:22

Por: Lygia Lima

Comunidade acadêmica de Alto Araguaia e Nova Xavantina definem tese regional


   Durante três dias, os 24 delegados representantes dos três segmentos da universidade, vinculados aos câmpus de Alto Araguaia e Nova Xavantina, discutiram e analisaram o documento orientador oriundo das pré-teses apresentadas pela comunidade acadêmica para o 3º Congresso Universitário. O Seminário Regional do Congresso aconteceu no câmpus de Alto Araguaia no período de 11 a 13 de julho.

   Com a aprovação das propostas de macropolíticas relativas aos eixos de Graduação, Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura, Gestão, Assistência  Estudantil e  Política de Financiamento, as sugestões apresentadas serão novamente apreciadas na plenária final do Congresso Universitário que acontecerá em outubro deste ano em Cuiabá.

   O presidente da Comissão Central do Congresso, professor Thales Nereu Bogoni, avalia que as discussões muito produtivas e que temos uma tese regional de alta qualidade pensando na Unemat que queremos para os próximos anos.

   Além dos delegados eleitos nos seminários locais, que representam os três segmentos: docentes, acadêmicos e servidores técnico-administrativos, a comunidade acadêmica também pode participar das discussões, no entanto, somente os eleitos tem direto a voto. 

   Próximos Seminários Regionais:

   Cáceres: 18 a 20 de julho (delegados de Cáceres, Pontes e Lacerda e Unidade Sede/Luciara).

   Sinop: 25 a 27 de julho (delegados de Alta Floresta, Colíder, Juara e Sinop).

   Tangará da Serra: 1º a 3 de agosto (delegados de Barra do Bugres, Diamantino, Nova Mutum e Tangará da Serra).

   Plenária Final: de 2 a 6 de outubro, em Cuiabá. Outras informações podem ser obtidas no site do Congresso Universitário

 

Comentários: ( 0 ) cadastrados.

Faça o comentário para a noticia: Comunidade acadêmica de Alto Araguaia e Nova Xavantina definem tese regional

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade do autor.
As mensagens com conteúdo abusivo poderão ser vetados da publicação.